2 de junho de 2015 • 3:09 pm

Esportes

Denúncias de corrupção derrubam Joseph Blatter do comando da Fifa

Blatter havia sido eleito para o quinto mandato na última sexta-feira. Agora Fifa vai convocar nova eleição.

Por: Roberto Boroni
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A corrupção na FIFA derruba o presidente da entidade, Joseph Blatter, recém eleito. Blatter estava iniciando o quinto mandato na entidade e foi obrigado a renunciar depois que o FBI prendeu dirigentes da entidade por terem recebido propinas milionárias.

Em entrevista coletiva, concedida no início desta tarde em Zurique, Suíça, Blatter renunciou ao cargo e convocou um congresso extraordinário para o final deste ano que vai apontar o nome do seu sucessor.

Os próximos seis meses servirão para que novos candidatos apareçam e realizem suas campanhas até a eleição do final deste ano. Blatter revelou que é necessário pensar na FIFA em primeiro lugar e que ele não conta mais com o apoio necessário para continuar comandando o órgão mais importante do futebol e que ficará no cargo até o novo sucessor ser escolhido.

Ainda não se sabe quais os motivos que fizeram Blatter mudar de ideia, já que depois de sua reeleição, ocorrida na última sexta-feira (29), ele deu declarações fortes e mostrando que não iria abrir mão do seu quinto mandato.

A situação vivida hoje pela FIFA já atinge os dirigentes da CBF, cujo ex-presidente, José Maria Marin, também foi preso em Zurique, acusado de corrupção.

Deixe o seu comentário