5 de janeiro de 2017 • 4:34 pm

Agricultura

Depois da cana e do eucalipto, Alagoas poderá ser conhecida como a terra da soja

Pesquisa da Embrapa diz que Estado tem grande potencial para a produção.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Alagoas que foi a terra da cana e dos engenhos de açúcar, de repente pode se transformar na região da soja. Pelo menos é o que diz um estudo da Embrapa, após analisar as áreas de tabuleiro que estão cedendo espaços para as plantações de eucalipto.

Segundo a Embrapa, os dados revelam que nessas áreas o potencial de produtividade é de 80 sacas por hectare. Os  estudos da Embrapa Tabuleiros Costeiros identificam com um significativo potencial para a produção da soja, considerada principal commodity brasileira.

Alagoas pode estimular plantio de soja.

Foram quatro de pesquisa no Estado, levando em consideração dois principais aspectos: o volume de chuvas e as propriedades do solo. Após o estudo, notou-se que da segunda quinzena de abril até setembro, o volume de precipitações superava a casa dos 450 milímetros acumulados, suficientes para atender a cultura.

Segundo o pesquisador da Embrapa, Sérgio de Oliveira Procópio, responsável pelo estudo, na avaliação dos últimos 30 anos de dados climáticos, para saber como o clima variava na região, verificou-se que há grande potencial, pois os volumes de chuvas são muito bons, neste período.

Por conta dos resultados o Secretário de  Agriculturaa, Álvaro Vasconcelos, instituiu no Estado a  Comissão de Grãos, que, segundo ele, tem um papel fundamental no levantamento dessa novidade para o agronegócios alagoano.

 

Deixe o seu comentário