18 de abril de 2016 • 11:33 am

Brasil

Deputada vota pelo marido e o corrupto é preso no dia seguinte

Prefeito de Montes Claros (MG), , Ruy Adriano Borges Muniz (PSB), foi preso como corrupto, nesta segunda, 18.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Ora vejam quem diria… Menos de 12 horas depois de a deputada federal Raquel Muniz (PSD-MG) votar pelo impeachment de Dilma e dedicar seu voto – “contra a corrupção” – ao marido, o prefeito de Montes Claros, Ruy Adriano Borges Muniz (PSB), ele foi preso nesta segunda-feira, 18, exatamente como corrupto.

Deputada Raquel e o marido corrupto

Deputada Raquel e o marido corrupto

O prefeito teve prisão preventiva decretada pela justiça e foi preso em companhia da mulher, em Brasília. A Justiça também expediu mandado de prisão contra a atual Secretária de Saúde do município, Ana Paula Nascimento.

De acordo com as investigações, os acusados usaram de meios fraudulentos para tentar inviabilizar o funcionamento dos hospitais Universitário Clemente Faria, Santa Casa, Aroldo Tourinho e Dilson Godinho, na cidade, que fica no Norte de Minas.

Eles pretendiam favorecer o Hospital das Clínicas Mario Ribeiro da Silveira, que  pertence ao prefeito, seus familiares e respectivo grupo econômico, segundo a PF.

Deixe o seu comentário