1 de junho de 2015 • 1:06 pm

Cotidiano » Política

Deputados recebem apelo para destinar dinheiro das emendas à segurança pública

Reunião organizada pelo presidente da Fiea, José Carlos Lyra, contou com a participação dos deputados federais Ronaldo Lessa, Cícero Almeida e Marx Beltrão

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

0106 - wm - café segurança (73)Os projetos mais urgentes para melhorar a estrutura dos órgãos de segurança pública estão orçados em pouco menos de R$ 20 milhões, e representam uma grande ajuda às Polícias Militar e Civil e ao Corpo de Bombeiros Militar. Para viabilizá-los, o secretário de Defesa Social, Alfredo Gaspar de Mendonça, pediu o apoio da bancada federal.

O apelo para que deputados e senadores destinem verbas das emendas parlamentares para a segurança pública foi feito na manhã desta segunda-feira, 1º, durante reunião organizada pelo presidente da Federação das Indústrias de Alagoas (Fiea), José Carlos Lyra de Andrade, na Casa da Indústria, no Farol. Participaram os deputados federais Ronaldo Lessa (PDT), Cícero Almeida (PRTB) e Marx Beltrão (PMDB).

Depois de ouvirem a exposição do secretário Alfredo Gaspar, e dos líderes da PC, PM e CBM, sobre os projetos de recuperação física da estrutura de segurança pública, os três se comprometeram em articular uma ação conjunta para que toda a bancada destine emendas aos projetos citados.

O mais caro deles é da PC, que planeja construir uma sede única para as Delegacias de Homicídio e Proteção á Pessoa (DHPP), Repressão ao Narcotráfico (DRN), e para o Departamento de Polícia Judiciária Metropolitana (DPJM). Previsto para o bairro de Santa Amélia, o prédio tem custo de R$ 6,4 milhões.

A PM pediu o apoio dos parlamentares para obter os R$ 10 milhões necessários à construção dos quartéis de Delmiro Gouveia e Penedo. O Corpo de Bombeiros tem como prioridades a reforma dos Quartéis do Comando Geral, em Maceió, orçada em R$ 1,5 milhão, e do 7º Batalhão, em Arapiraca, que tem custo de R$ 1 milhão. O CBM precisa ainda de recursos para construir duas salas de assepsia, nestes dois quartéis, ao custo total de R$ 1,2 milhão.

“Esses projetos somam um valor pequeno. Se cada um de nós destinar R$ 3 milhões eles saem do papel” – disse o deputado Cícero Almeida. O deputado Ronaldo Lessa explicou a ausência dos demais deputados e garantiu que todos estão unidos em defesa da segurança dos alagoanos.

O presidente da Fiea, industrial José Carlos Lyra de Andrade, agradeceu a presença dos três parlamentares, e disse que o setor produtivo espera que apoiem as instituições policiais, já que segurança pública, além de um anseio de todos, é questão fundamental para a construção do desenvolvimento socioeconômico de Alagoas.

Deixe o seu comentário