30 de Abril de 2015 • 12:40 am

Esportes

Derrota por 2 a 1 contra o ASA coloca o CRB na final do Alagoano

Uma derrota com gosto de vitória. Foi este sentimento que encheu o coração de todos os regatianos quando o juiz Wilton Pereira Sampaio deu por encerrado o jogo entre ASA…

Por: Roberto Boroni
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
Jogo ficou dramático nos minutos finais. (Crédito: Itawi Albuquerque)

Jogo ficou dramático nos minutos finais. (Crédito: Itawi Albuquerque)

Uma derrota com gosto de vitória. Foi este sentimento que encheu o coração de todos os regatianos quando o juiz Wilton Pereira Sampaio deu por encerrado o jogo entre ASA e CRB, na noite de ontem em Arapiraca, onde o alvinegro venceu por 2 a 1, mas que acabou servindo para o Galo conseguir sua classificação para a final do Campeonato Alagoano.

A partida começou com o CRB tendo uma vantagem de poder perder por até um gol de diferença, o que fez o Galo esperar o ASA em seu campo e tentar administrar o placar. Apesar de mais cauteloso, foi do Regatas as primeiras boas oportunidades de abrir o marcador, onde Gabriel e Daniel Marques obrigaram o goleiro Marcão a fazer duas ótimas defesas.

Depois dos 15 minutos, o ASA começou a controlar mais a partida e jogou dentro do campo do CRB e pressionou durante todo o restante do primeiro. Todo o domínio alvinegro não significou grandes chances de gol, apenas no final da primeira etapa o ASA teve uma excelente oportunidade nos pés do atacante Alex Henrique, que só não marcou graças a uma defesaça do goleiro Júlio César.

Se o segundo tempo prometia mais emoções e o mesmo cenário, com o ASA no ataque e o CRB se defendendo, tudo ficou ainda mais intenso depois que o meia Clebinho invadiu a àrea alvinegra e marcou um golaço, aumentando e muito a vantagem regatiana. Precisando marcar três gols, o ASA se mandou com tudo para o ataque e deixou espaços na defesa que só não trouxeram maiores prejuízos porque o atacante alvirrubro João Henrique perdeu dois gols na cara do goleiro.

Depois de se refazer do gol tomado, o ASA começou a trabalhar melhor a bola e começou a chegar mais perto do gol de empate. E de tanto insistir, o alvinegro igualou a partida aos 15 minutos do segundo tempo através de um belo chute do atacante Uederson. O gol fez a partida pegar fogo e o se transformou em um duelo de ataque contra a defesa.

E quando parecia que o ASA não teria mais forças, aos 39 minutos o meia Didira aproveitou um grande lançamento de Alex Henrique e tocou na saída do goleiro Júlio César para fazer o segundo gol de sua equipe e colocar o ASA bem perto de vaga.

Nos dez minutos que se seguiram, pois o juiz deu 4 minutos de acréscimos, o ASA pressionou muito, mas não conseguiu fazer o terceiro gol que lhe daria a classificação. Com o resultado o CRB não só garantiu a vaga para a final, como também a Copa do Brasil e Campeonato do Nordeste do ano que vem.

 

Deixe o seu comentário