4 de agosto de 2016 • 12:06 pm

Maceió » Política

Desburocratização: Crea institui fórum para agilizar projetos no serviço público

Iniciativa faz parte do movimento Engenharia Unida, criado para impulsionar o desenvolvimento do País

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
Fórum desburocratização 2

Fernando Dacal, presidente do Crea, fala sobre projeto durante reunião que contou com a presença do presidente do Sinduscon, Alfredo Brêda, e o diretor Maurício Brêda. (Foto: Danielle Ferro)

Preocupado com o excesso de exigências que terminam causando obstrução nas tramitações dos projetos ligados a engenharia no Estado, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Alagoas (Crea-AL), convocou entidades públicas e representantes do setor produtivo para lançar o Fórum Estadual de Combate a Burocracia e discutir saídas que destravem investimos e, consequentemente, geração de renda nos municípios alagoanos.

A iniciativa faz parte da proposta do movimento Engenharia Unida, aderido pelo Crea junto à Federação Nacional dos Engenheiros (FNE), que propõe rediscutir soluções para a crise econômica e política enfrentada pelo Brasil. “Queremos a cooperação dos órgãos públicos para haver mais celeridade na tramitação dos projetos, porque cabe a cada um repensar como fazer e trabalhar. O que buscamos são resultados práticos e diminuição da burocracia”, ressaltou o presidente do Crea, Fernando Dacal.

Fórum desburocratização

Reunião contou representantes de órgãos públicos ligados a engenharia. (Foto: Danielle Ferro)

Os profissionais do setor produtivo têm reclamado muito da falta de eficiência de muitos órgãos públicos. Eles afirmam que estão passando, em alguns casos, mais de um ano para aprovarem seus projetos. Assim, o consumidor do serviço acaba também maiores custos na lentidão do serviço.

O maior questionamento é sobre a demora na tramitação da documentação de liberação, por exemplo, de determinado alvará, certidão ou de uma averbação. Por isso, com a criação do Fórum Estadual de Combate a Burocracia, a intenção é que os dois lados cheguem a um acordo na questão de exigências que somente entravam o andamento dos processos, dando mais agilidade ao trabalho de ambos.

Participaram do encontro, representantes do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), Casal, Eletrobrás, Secretaria Municipal de Proteção de Meio Ambiente, Vigilância Sanitária, IMA, Algás, Receita Federal, Caixa Econômica Federal, Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (FIEA), Sinduscon, Ademi, Tribunal de Contas do Estado de Alagoas e Prefeitura Municipal de Marechal Deodoro. Ainda serão convidados para participar do movimento os Ministérios Públicos Federal, Estadual e do Trabalho, como também a Associação dos Notários e Registro de Alagoas (Anoreg).

Deixe o seu comentário