6 de julho de 2016 • 8:05 pm

Segurança

Lei Seca: Detran aponta aumento de 125% nas prisões por embriaguez

Crescimento é atribuído à intensificação de operações de fiscalização da Lei Seca na capital e no interior do Estado

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Dados do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL), divulgados nesta terça-feira (6), mostram que o número de prisões por embriaguez ao volante aumentou 125,4% no primeiro semestre de 2016, em relação ao mesmo período de 2015.

O crescimento é atribuído à intensificação de operações da Lei Seca na capital e no interior do Estado.

De acordo com o balanço feito pela instituição, 11,204 veículos foram abordados no período e 11.657 pessoas foram submetidas ao teste do etilômetro. Foram recolhidos 959 carteiras de habilitação (CNHs) e 509 veículos.

Foto: Assessoria Detran-AL

Fazendo um comparativo entre o primeiro semestre do ano de 2015 e o primeiro semestre de 2016, o balanço aponta um aumento de 26% no número de veículos abordados, 20,6% em testes de alcoolemia realizados, 125,4% de prisões em flagrante e 93,2% de inabilitados, números considerados preocupantes segundo o Departamento Estadual de Trânsito.

“Estamos realizando operações de forma intensificada e em pontos estratégicos, tanto na capital quanto no interior. E o aumento no número de flagrantes também é consequência da chegada do pessoal da inteligência do Detran que está trabalhando conosco com o propósito de salvar mais vidas e tirar os motoristas irresponsáveis do trânsito”, destacou o coordenador da Lei Seca, tenente Emanuel Costa.

 

Deixe o seu comentário