5 de outubro de 2016 • 11:32 am

Economia

Dia das Crianças sai mais caro para consumidores neste ano

Houve aumento em quase todos os produtos infantis

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Comprar em comércios populares é uma alternativa para fugir dos preços altos | Foto: O Globo

Comprar em comércios populares é uma alternativa para fugir dos preços altos | Foto: O Globo

A tradição de presentear as crianças no dia 12 de outubro vai pesar um pouco mais no bolso do consumidor alagoano. Comparando os preços dos mesmos produtos, no mesmo período de 2015, a Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) constatou aumentos que chegam a passar de 50%.

Os brinquedos são os primeiros colocados como opção de presente, seguidos por vestuário e calçados, de acordo com o levantamento.

“De modo geral, percebemos um aumento de 58,63% no preço da bola, principalmente por conta da elevação no seu custo de produção e pela maior procura. Em seguida, verificamos que os jogos de tabuleiro apresentaram alta de 40,09%. Outro produto que também chamou atenção foi a boneca que apresentou, conforme o levantamento, uma elevação de 26,13%”, explicou o supervisor de Estudos e Análises da Seplag, Gilvan Sinésio.

Ainda segundo a pesquisa, o grupo de vestuário apresentou um aumento em todos os itens, com destaque para as saias (29,49%), conjuntos femininos (16,45%) e calça masculina (13,92%).

Já em relação aos calçados, a pesquisa também explicita o aumento nos itens analisados. As sandálias masculinas, por exemplo, tiveram alta de 21,76%, seguido das sandálias femininas, com 10,23%.

Segundo Sinésio, a data é a quarta mais importante para o comércio na capital alagoana, mas a crise tem criado expectativas mais baixas para as vendas. “A dica, portanto, é para que os pais pesquisem bastante na hora de comprar o presente e, principalmente, que realizem essas compras em centros mais populares, locais que terão mais chances de descontos”, contou o supervisor.

A pesquisa realizada pelo órgão pode ser conferida aqui.

Deixe o seu comentário


Publicidade