18 de outubro de 2016 • 11:37 pm

Maceió

Dificuldades de acesso gera protesto de cadeirantes em Maceió

Várias manifestações têm sido feitas para denunciar a falta de respeito ao direito de ir e vir, das pessoas com deficiência

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

cadeiranteA falta de acessibilidade nas ruas de Maceió ainda está longe – muito longe – de deixar de ser um problema a mais na vida de pessoas com deficiência e dificuldade de locomoção. Revoltados com a inércia da prefeitura em relação à situação, um grupo de cadeirantes realizou, na manhã desta terça feira(18), um protesto na Avenida Fernandes Lima, uma das mais movimentadas da cidade.

Este não foi o único. Várias outras manifestações têm sido feitas pelo mesmo grupo, em vários bairros de Maceió, para denunciar a falta de respeito aos direitos de cidadania de quem, mesmo com dificuldades de locomoção, precisa das condições estrturais que lhe garantam mais autonomia no caminho para a escola, o trabalho, o posto de saúde, o hospital, os prédios públicos ou privados, ou simplesmente andar pelas calçadas de Maceió.

Eles bloquearam a pista nos dois sentidos, nas imediações do quartel do Exército, até o final da manhã, causando grande congestionamento, e quebraram a calçada para chamar a atenção do poder público sobre a necessidade de construção de rampas para pessoas com deficiência e de promover outras intervenções urbanas que facilitem a acessibilidade.

Nota da Sempma

A Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma), responsável pela manutenção de calçadas,  informou, por meio de nota, que estaria enviando equipe ao local do protesto e que o passeio público entrará na programação de serviços do órgão e será recuperado. Também reiterou que todas as novas obras e intervenções do município contemplam a acessibilidade.

Deixe o seu comentário