28 de agosto de 2015 • 7:01 pm

Brasil

Dilma: turma do quanto pior melhor são pescadores de águas turvas

Presidente diz que dificuldades serão superadas sem amargura e sem ódio.

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A presidente Dilma Rousseff disse nesta sexta-feira, 28, no Ceará, que as dificuldades pelas quais o Brasil passa são momentâneas e serão superadas sem “nadinha” de amargura e ódio.

Ela voltou a criticar a “turma” do “quanto pior, melhor”, a quem descreveu como “pescadores de águas turvas”.

“O Brasil é um país forte que vai crescer, superar as dificuldades momentâneas, mas que também vai preservar o que conquistamos”, afirmou a presidente, durante entrega de unidades do programa Minha Casa, Minha Vida, em Caucaia. “Não vamos deixar haver retrocesso nesse país, nem no que se refere aos programas, nem na questão da democracia”, acrescentou.

A presidente voltou a dizer que o país está passando dificuldades, e que entende que a população tema a inflação e tema perder seus empregos, mas garantiu que o governo está comprometido em não abrir mão das políticas sociais que estão fazendo o povo brasileiro “mudar de vida”.

Deixe o seu comentário