29 de setembro de 2015 • 11:13 am

Política

Dilma vai reunir Temer e Lula para discutir a reforma ministerial

Ministério da Saúde e um outro a ser discutido vão para o PMDB. É o esforço para acalmar a base.

Por: Marcelo Firmino
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

PT-PMDB-2A  presidente Dilma Rousseff tem agenda marcada com lideranças do PMDB e do PT para discutir a reforma ministerial e concluir as alterações que serão feitas para garantir apoio no Congresso Nacional.

Além de se reunir com o vice-presidente Michel Temer, a petista também discutirá o assunto com o ex-presidente Lula, que estará em Brasília nesta quarta-feira, 30, para auxiliá-la.

A cúpula do Planalto já enxerga como improvável que a reforma administrativa seja anunciada na quarta, conforme inicialmente previsto. Ainda defende que, antes de cumprir a promessa de cortar dez ministérios até o fim do mês, Dilma precisa pensar em como acomodar bem as distintas forças do PMDB nas pastas.

A equipe da articulação política do governo iniciou uma busca pelo acordo com deputados peemedebistas. O ministro de Comunicações, Ricardo Berzoini, e o assessor Giles Azevedo procuraram os parlamentares para garantir que o compromisso de entregar dois ministérios à bancada do PMDB será cumprido.

Dilma prometeu ao líder do partido no Câmara, Leonardo Picciani (RJ), que a bancada ficará com indicação para um nome para a Saúde. Outra pasta, que seria na área de infraestrutura, ainda não está definida.

Deixe o seu comentário