9 de Maio de 2015 • 7:35 pm

Cotidiano

Domingo é dia do projeto ‘Vem ver a banda tocar’. Sucesso na orla

Projeto transforma um alegre recanto da orla de Ponta Verde em um grande salão de baile.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
Sucesso da banda na orla da Ponta Verde.

Sucesso da banda na orla da Ponta Verde.

O grande baile na orla

O grande baile na orla

Em plena manhã de domingo.

Em plena manhã de domingo.

Domingo, 10, é dia do  programa ‘Vem Ver a Banda Tocar’. O programa da Polícia Militar de Alagoas existe desde 1999, por iniciativa do então tenente José Maxwell Santos, que antes de fazer parte da corporação lançou o projeto na Secretaria Estadual de Cultura, levando bandas aos bairros de Maceió Uma vez na PMAL, no comando do coronel Ronaldo dos Santos, ele lançou   as apresentações da banda da polícia nem plena praia de Ponta Verde, sempre nas manhãs de domingo.

A banda toca todos os ritmos para uma multidão que transforma a área dos canteiros na rua fechada da praia e um grande salão de baile. No inicio era só a turma da terceira idade que acompanhava, mas hoje a banda toca para todas as faixas etárias e faz um estrondoso sucesso. “É raro a banda faltar, mas quando não vem, por alguma razão, o meu dia fica triste”, disse Amélia Oliveira, uma das frequentadoras assíduas do projeto.
As apresentações na orla marítima de Maceió, aos domingos, têm inicio às 10h30min, com um repertório composto por músicas que atendem ao gosto popular, inclusive contemplando antigas músicas que fizeram sucesso, a exemplo das da Jovem Guarda. Samba, forró e rock també  fazem parte do repertório eclético da banda.
Em janeiro de 2015 num acordo firmado entre o atual comandante da PMAL, coronel Lima Júnior, o Secretário da Defesa Social e Ressocialização, Alfredo Gaspar, e o governador do Estado, Renan Filho, estenderam as apresentações para os bairros de Maceió, por entenderem que o programa possibilita a interação cada vez mais da população com a Polícia Militar, promovendo assim não apenas segurança pública, mas a cultura da paz.

Deixe o seu comentário