1 de julho de 2016 • 8:59 am

Interior » Segurança

É histórico: em ano eleitoral crescem os assaltos a bancos no Estado

A violência nesta madrugada em Pão de Açúcar pode ser mera coincidência. Será?

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

A história é antiga, mas Alagoas inteira já sabe que o arrombamento de agências bancárias, caixas eletrônicos e os assaltos aos bancos no Estado crescem consideravelmente em ano eleitoral. Para alguns, pura especulação. Para outros problema real que precisa e deve ser combatido.

Agencia da caixa

Agencia da caixa

Agencia do BB

Agencia do BB

Portanto, pode ser mera coincidência, mas o fato ocorrido nesta madrugada em Pão de Açúcar remete a essa situação e cabe a Secretaria de Segurança Pública e aos órgãos de combate as organizações criminosas ficarem atentos quanto a essa questão.

O episódio na cidade sertaneja a 280 quilômetros da capital envolveu mais de 30 homens bem armados, os quais chegaram à cidade vestindo coletes de agentes de saúde, segundo informações de populares.

Depois de explodirem duas agências bancárias, sendo uma delas da Caixa Econômica  e a outra do Banco do Brasil. Os assaltantes  deixaram para trás um cenário de guerra, inclusive pneus queimados nas ruas centrais.

Cartucho: armamento pesado

Cartucho: armamento pesado

O que se sabe é que o mercado político no País envolve muito dinheiro e hoje o processo de captação desses recursos para investimento de campanhas está muito mais difícil.

Daí por que, as investigações precisam estar voltadas para todas as vertentes, inclusive essa possibilidade. Assim como Pão de Açúcar sofreu nesta sexta-feira, 01 de julho, outros municípios da região podem estar na mira.

O governador Renan Filho (PMDB) pediu a SSP todo rigor possível para identificar os autores do ato criminoso no sertão.

Deixe o seu comentário