23 de setembro de 2016 • 4:48 pm

Maceió

É subir ou descer: CRB se prepara para jogo de ‘6 pontos’ contra o Bahia

Em caso de derrota, Galo Praiano pode acabar a rodada na 9ª posição; time alagoano nunca venceu baianos em jogos válidos pelo Série B

Por: Vinicius Firmino
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
bahia-x-crb

No primeiro turno, CRB perdeu para o Bahia por três a zero

O jogo deste sábado (24), entre CRB e Bahia, é um divisor de águas para o time alagoano. Fora do G4 e sem vencer há 4 rodadas, o técnico Mazola Júnior contará com os retornos de Olívio (voltando de suspensão), Bocão (liberado para jogar após um efeito suspensivo) e Luidy (liberado pelo departamento médico). O confronto, válido pela 27ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, acontece às 16h20 no Estádio Rei Pelé.

Na última terça-feira (20), o Ceará empatou sem gols com o Luverdense. Um resultado que favorece não só o CRB, mas também outros clubes como Bahia, Londrina, Avai, Vila Nova e Criciúma. No caso de uma derrota, o time alagoano pode ir ladeira abaixo, da 6ª para a 9ª posição. Mas, se vencer o Tricolor Baiano e o Brasil de Pelotas tropeçar no Tupi, o time alagoano volta ao G4.

Por isso, é praticamente um duelo de ‘6 pontos’. As baixas do CRB ficam por conta do lateral-direito Marcos Martins, do atacante Neto Baiano, suspensos, e do volante Somália, diagnosticado com uma lesão na panturrilha. Portanto, o Galo Praiano deve ir a campo com Juliano (Júlio Cesar); Bocão, Boaventura, Jussani e Pery; Olívio, Galdezani, Diego e Gerson Magrão; Luidy e Zé Carlos.

O comandante do Regatas, Mazola, falou do valor desta partida. “Penso que é um momento de cautela da competição, mas ainda não é o decisivo. Então esse jogo do Bahia a gente sabe da importância, uma semana de aniversário do clube, uma semana para que a gente possa dar uma regalvanizada no grupo, reconstruir os níveis de confiança, de moral que a gente os tem nele”, disse.

CRB: 14 anos sem vitória

O Bahia sustenta uma escrita de 14 anos sem perder para o time alvirrubro. O último revés do clube visitante foi em 2002, quando perdeu para o CRB na Copa do Nordeste. Já no Campeonato Brasileiro da Série B, nunca houve vitória por parte do Galo. Ao todo foram sete partidas, com sete vitórias.

Com a mesma soma de pontos, elas dividem também o mesmo número de vitórias (11), de empates (6) e de derrotas (9). A diferença está no saldo de gols. Enquanto o Bahia marcou 37 e sofreu 23, o CRB balançou as redes 37 vezes, mas teve a meta vazada em 34 oportunidades.

Deixe o seu comentário