18 de outubro de 2016 • 7:06 am

Justiça » Política

Eduardo Cunha é intimado por Sérgio Moro para fazer defesa na Lava Jato

Cunha terá 10 dias para se defender da Lava Jato.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O juiz federal Sérgio Moro, da Lava Jato, emitiu nesta segunda-feira (17) o pedido de intimação do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB). O documento foi encaminhado à Justiça Federal do Rio de Janeiro, onde o peemedebista mora.

A partir de agora, caberá a um oficial de Justiça localizar e entregar a intimação a Cunha. O ex-deputado terá, então, 10 dias para entregar sua defesa ao juiz da Lava Jato

Cunha: 10 dias para defesa

Cunha: 10 dias para defesa

O processo de Cunha foi remetido para a primeira instância em Curitiba depois que Cunha teve seu mandato de deputado cassado na Câmara e perdeu o foro privilegiado para ser julgado no Supremo Tribunal Federal (STF).

Eduardo Cunha é acusado de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas a partir da manutenção de contas secretas na Suíça. Uma colaboração entre o Ministério Público daquele país e o órgão análogo no Brasil descobriu que as propinas oriundas do esquema de corrupção na Petrobras foram depositadas em bancos suíços.

Eduardo Cunha teve seu mandato cassado no dia 12 de setembro por 450 votos a 10, além de 9 abstenções. Após a votação, enquanto o peemedebista deixava o plenário, cercado por seguranças, parlamentares da oposição gritavam “Fora, Cunha!”.

O processo contra Cunha teve origem com uma representação protocolada por representantes do Psol e da Rede Sustentabilidade no dia 13 de outubro de 2015. Cunha estava afastado das funções de deputado federal desde maio deste ano e esteve afastado também da presidência da Casa até 7 de julho, quando renunciou ao cargo.

Deixe o seu comentário