1 de fevereiro de 2017 • 2:40 pm

Educação

Educadores do Sesi são motivados para iniciar ano letivo 2017

  Os professores da Rede Sesi de Educação já estão sendo preparados para iniciar o ano letivo de 2017, na próxima segunda-feira (6), mais motivados e capacitados. Nesta quarta-feira, 1º,…

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

 

Capacitação é feita em encontros para alinhamento de expectativas, explicações sobre o Sistema de Gestão Educacional (SGE) e sobre recursos educacionais. Foto: Ascom/Fiea

Os professores da Rede Sesi de Educação já estão sendo preparados para iniciar o ano letivo de 2017, na próxima segunda-feira (6), mais motivados e capacitados. Nesta quarta-feira, 1º, na Escola Sesi/Senai de Maceió, no bairro do Benedito Bentes, tiveram início os encontros para alinhamento de expectativas, explicações sobre o Sistema de Gestão Educacional (SGE) e sobre recursos educacionais.

Na abertura da reunião, a gerente executiva de Educação do Sesi/AL, Cristina Suruagy, ressaltou que um dos objetivos é possibilitar que os professores troquem experiências sobre as melhores práticas e as multiplique, contribuindo para ampliar o aprendizado. “Estamos promovendo uma conexão entre eles (docentes), estimulando o processo de interdisciplinaridade, para que em 2017 tenhamos resultados louváveis”, disse ela.

Os docentes também serão familiarizados com o que a gerente executiva de Educação considera “a grande vantagem” das escolas da rede: os recursos do portal Sesi Educação, disponíveis no endereço www.sesieducacao.com.br.

“É um portal onde professores do Sesi de todo o país têm acesso, por exemplo, a bancos de aulas e a questões para elaborar provas e simulados. Nele, os docentes também compartilham experiências exitosas em sala da aula. Nesta capacitação, nossos professores serão orientados para utilizar estes recursos da melhor forma”, explica Cristina Suruagy.

Uma das atividades do encontro é o workshop ‘Multiplicadores Difitais’, conduzido pelo professor João Inácio Albuquerque Ferreira, da Faculdade Estácio de Alagoas – Estácio/FAL. Ele fala sobre como alinhar o uso de tecnologias a novas metodologias de ensino. “Nossa ideia é extrair boas práticas, desconstruir aquele modelo em que o professor fala e o aluno só escuta. A gente tem que fazer com que o estudante se sinta motivado a participar das aulas”, disse ele.

Deixe o seu comentário