19 de novembro de 2015 • 7:48 pm

Blogs » Fátima Almeida » Política

Eleição de Marinela é a segunda derrota de Omar Coelho na OAB

Em 2011, Thiago Bonfim venceu a candidata do ex-presidente Omar, que agora apoiou Fernando Falcão.

Por: Fátima Almeida
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

A vitória da advogada Fernanda Marinela para a presidência da OAB-AL, na eleição de ontem, representa a segunda derrota do poderoso Omar Coelho, ex-presidente da Ordem, para o advogado Thiago Bonfim, atual presidente.

No primeiro ground, Thiago sucedeu Omar, como candidato de oposição. Chegou como a grande surpresa, na eleição de 2011, saindo de um provável terceiro lugar apontado nas pesquisas, para derrotar a candidata Rachel Cabus, apoiada por Omar Coelho e outras duas candidaturas igualmente fortes.

Na eleição desta quarta-feira, segundo ground, mais uma vez o embate se fez, principalmente entre os dois grupos. Marinela, primeira mulher eleita presidente na história da OAB-AL, foi a candidata apoiada por Bonfim, que inclusive faz parte da diretoria eleita, agora como conselheiro federal. Omar Coelho se engajou – e foi derrotado – na campanha de Fernando Falcão, que acabou em segundo lugar.

Sinais de mudanças na Ordem. Os grandes já não pesam tanto, pelo menos eleitoralmente. E isso se evidencia, inclusive, na expressiva votação que teve o terceiro colocado, Roberto Mendes, cuja candidatura não apareceu atreladada a nenhum grupo tradicional da OAB. Mesmo assim, teve 1.198 votos, de um total de 4.805 votantes.

Portanto, não muito longe do segundo colocado, que teve 1.653 votos, e nem da candidata eleita, que teve 1.806 votos.

Sim. A Ordem está dividida.

 

Deixe o seu comentário