3 de Março de 2016 • 7:17 am

Blogs » Fátima Almeida

Eleito pelo PDT, Sérgio Toledo confirma filiação ao PSC

Deputado já vinha no controle do novo partido desde setembro passado, quando seu chefe de gabinete assumiu a presidência da executiva estadual

Por: Fátima Almeida
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Focado nas eleições municipais deste ano, mas já com o olhar estendido até 2018, quando pretende disputar uma vaga na Câmara Federal, o deputado estadual Sérgio Toledo, eleito pelo PDT de Ronaldo Lessa, chega ao PSC com carta branca para organizar, fortalecer e decidir pelo partido.

Sérgio Toledo, agora no PSC (Crédito: Vinícius Firmino)

Sérgio Toledo, agora no PSC (Crédito: Vinícius Firmino)

A assinatura de sua filiação ao Partido Social Cristão foi anunciada ontem à noite, pela assessoria. Mas, na verdade, Toledo já vinha dando ordens na casa há algum tempo. Enquanto aguardava a tal ‘janela partidária’, que permite, até o final deste mês, a mudança de legenda sem prejuízo do mandato conquistado por outro partido, o ex-pedetista colocou seu staff no PSC.

Desde setembro passado, a executiva estadual do partido em Alagoas foi passada ao consultor político Maurício Bugarim, que é chefe de gabinete de Toledo na Assembleia Legislativa. Ele foi eleito presidente, por unanimidade, numa convenção que teve a presença do presidente nacional do partido, Pastor Everaldo Dias, aquele mesmo que foi candidato a presidente da República em 2014.

Aliás, na festa, preparada por Toledo, não faltou ostentação da força que o partido ganha em Alagoas, com a entrada do seu grupo. Além do presidente nacional, que veio acompanhado do vice-presidente Gustavo Carvalho, prestigiaram a eleição de Bugarim, em setembro, presidentes de diretórios de outros estados e lideranças políticas de Alagoas, entre eles alguns prefeitos.

Além disso, a ida de Sergio Toledo para o PSC está longe de ser um fato isolado. Ela vem precedida de toda uma articulação que garante, de saída, a manutenção da aliança com os poderosos Renan’s (governador do Estado e presidente do Senado Federal); o fortalecimento da legenda, com bancadas na Assembleia Legislativa e nas câmaras municipais; e a participação efetiva nas eleições deste ano, com candidaturas viáveis aos cargos de prefeito e vice-prefeito, em vários municípios alagoanos.

É o caso do vereador Cacau, eleito pelo PSD de Marechal Deodoro, candidato forte a prefeito do município, e que coloca o pé na legenda, junto com Sérgio Toledo.

Com ele, devem vir, também os deputados pastor João Luiz que deve deixar o Democratas, e Severino Pessoa que foi eleito pelo PPS.

OUTRAS MUDANÇAS

Por conta dos prazos estabelecidos no calendário das eleições deste ano, várias mudanças estão previstas para os próximos dias, alterando a composição de bancadas nos legislativos e de representatividade nas prefeituras.

Na Assembleia Legislativa de Alagoas, além de Sérgio Toledo, Pastor João Luiz e Severino Pessoa, está previsto que vários deputados mudem de partido nos próximos dias, entre eles Ronaldo Medeiros (PT) e Davi Davino (PSB), que devem migrar hoje para o PMDB.

Deixe o seu comentário