15 de março de 2017 • 8:40 am

Blogs » Marcelo Firmino

Eles tomaram o poder e agora são denunciados por corrupção: silêncio…

Na lista de Janot estão os financiadores de ‘movimentos’ que foram às ruas contra a corrupção. E agora?

Por: Marcelo Firmino
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O silêncio absoluto reina sobre o País. Nem luzes, nem o som do bate-bate de panelas nos apartamentos da elite brasileira se faz ouvir. A lista da Procuradoria Geral da República com os nomes dos 83 novos denunciados ao STF na Operação Lava Jato, surgiu com representantes ilustres de partidos que financiaram “movimentos” para retirar do poder a presidente Dilma Rousseff.

Na lista de Rodrigo Janot o nome de Dilma aparece. O do ex-presidente Lula, também

Silencio

Mas, os líderes do movimento pela usurpação do poder estão todos denunciados no Supremo Tribunal Federal e deverão ser investigados, acusados de corrupção.

Rodrigo Janot também solicitou ao STF que apure agora o envolvimento dos tucanos:  ex-candidato a presidente da República e  senador   Aécio Neves (PSDB-MG), o senador e ex-ministro José Serra (PSDB-SP) e do senador, hoje ministro e ex-candidato a vice de Aécio, Aloysio Nunes.

Do maior partido no Congresso Renan Calheiros (PMDB-AL), Romero Jucá (PMDB-RR) e Edison Lobão (PMDB-MA), sem falar nos outros que foram na primeira lista.

Ou seja, os petistas não estão só. Os que financiaram a campanha para derrubar o governo comeram no mesmo prato. Só queriam mais e resolveram financiar os movimentos para livrar o País da corrupção. E muita gente acreditou. Gente boa e gente muito oportunista que hoje está com cargos na nova gestão, tão corrupta quanto. Afinal, lá estão denunciados cinco ministros.

Esses são os nomes que vazaram na lista. Resta saber os outros. Pois há muito mais gente enganadora da boa fé brasileira.

Silêncio…

Do que é mesmo que o Brasil está livre?

 

Deixe o seu comentário