25 de novembro de 2016 • 12:52 pm

Blogs » Marcelo Firmino

Em 6 meses de governo Temer perde o sexto ministro por corrupção

Agora Rodrigo Janot quer investigar Geddel e o próprio Michel Temer

Por: Marcelo Firmino
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Em seis meses de governo, Temer perde o sexto ministro por corrupção. Ao decidir deixar a Secretaria de Governo, o ministro Geddel Vieira Lima, não o fez por que quis. Sua ação se deu pela pressão que recebeu de todos os lados e sobretudo por que os malfeitos dele já haviam comprometido o próprio Presidente Michel Temer, que foi gravado defendendo as maracutaias do seu ministro.

Geddel Vieira Lima: caiu

Geddel Vieira Lima: caiu

Geddel balançava no cargo desde o inicio da denúncia do ex-ministro da Cultura, Márcio Calero, contra ele. Não foi preciso muita pesquisa para se descobrir que o currículo de Geddel era, de fato, “uma folha corrida”.

Agora o Ministério Público Federal vai investigar o ex-ministro de Temer, com o agravante de que Rodrigo Janot já pensa em incluir o próprio Presidente da República dentro de sua investigação.

Pode não dar em nada, mas embaraça, atrapalha e joga o governo no terreno pantanoso e no emaranhado da falta de credibilidade.

Mas, Temer não pode reclamar de nada, por que colocou Geddel no cargo exatamente para fazer o que ele sempre fez de melhor: traficar influência para beneficiar a todos. Quando Geddel traficou para beneficiar só a si, aí tudo deu errado.

Ex-beneficiário do escândalo dos “anões do orçamento”, Geddel vai para casa com mais essa nódoa na “folha”.

Triste Brasil!

Deixe o seu comentário