3 de dezembro de 2015 • 7:52 am

Brasil

Em Maceió, a noticia do impeachment foi comemorada com fogos de artificio na Ponta Verde

O foguetório começou tão logo a noticia ganhou os veículos de comunicação.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

foguetorioNão demorou muito e o foguetório que estava represado na região da Ponta em Maceió, desde o resultado das eleições de 2014, começou a pipocar, depois do anúncio de que o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), havia aceitado o pedido de impeachment da presidente da República, Dilma Rouseeeff.

O foguetório tomou conta da orla maceioense, onde moram grande parte dos tucanos alagoanos, a começar do pelo ex-governador Teotõnio Vilela Filho (PSDB) e o prefeito Rui Palmeira, do mesmo partido.

A manifestação que partiu de várias partes do biarro surgiu como uma demonstração clara de que a elite maceioense estava feliz com o resultado determinado pelo deputado peemedebista Eduardo Cunha.

Enquanto isso, acanhados, os petistas não se  manifestaram diante de inicio. Mas logo ocuparam as redes sociais  anunciando uma campanha de apoio a Dilma.

 

Deixe o seu comentário