20 de junho de 2016 • 1:53 pm

Política

Nova decisão judicial mantém Rogério Farias afastado do cargo de prefeito

Ele é acusado de enriquecimento ilícito, danos ao erário e desvio de recursos da Previdência

Por: Fátima Almeida
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

rogério fariasApesar da decisão do presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, desembargador Washington Luiz, que no último sábado suspendeu deliberações anteriores que determinavam o afastamento do prefeito da Barra de Santo Antônio, José Rogério Cavalcante Farias, ele não vai poder reassumir cargo.

Em novo despacho, publicado nesta segunda-feira (20), o juiz substituto da Comarca de Paripueira, John Silas, determinou novamente o afastamento do prefeito e a decisão do magistrado está em vigor. Segundo explicou a assessoria do Tribunal de Justiça, ela não é conflitante com a suspensão determinada pelo presidente do Judiciário, porque se referem a processos diferentes.

De acordo com a assessoria, Rogério Farias responde a quatro processos por improbidade administrativa. Os três primeiros já haviam resultado em decisões pelo seu afastamento – que foram suspensas no plantão judiciário do final de semana, pelo desembargador Washington Luiz. Em dois ele é acusado de enriquecimento ilícito; e em um, a acusação é de danos ao erário.

O novo despacho, do juiz John Silas refere-se a uma quarta ação movida contra o gestor, acusado apropriação indébita de recursos previdenciários, no valor de aproximadamente R$ 6,3 milhões.

 

Deixe o seu comentário