27 de dezembro de 2016 • 10:30 am

Turismo

Erro do governo passado impediu aeroporto de Maragogi, diz Renan

Início da obra esstá sendo prometido para 2017.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O governo do Estado está ultimando os trabalhos de topografia para a construção do aeroporto de Maragogi, obra que ficou prejudicada anteriormente por conta de uma ideia mal concebida e equivocada do governo passado, segundo disse o governador Renan Filho (PMDB). A obra física será iniciada em 2017.

Disse ele que o projeto anterior tinha como meta construir  o aeroporto na divisa entre Alagoas e Pernambuco e isso atrapalhou a obra, causando um enorme prejuízo ao turismo estadual, principalmente ao litoral norte do Estado.

Maragogi: um dos destinos mais procurados.

Segundo o governador, a ideia foi muito danosa para Alagoas porque tinha que ter licença ambiental de dois institutos do Meio Ambiente, além disso, tinha que ouvir o Iphan dos dois estados, causando diversas dificuldades, porque na hora dos recursos, tinha que separar os dois.

“Isso criou um imbróglio, duas desapropriações, de maneira que uma ideia como essa acabou impedindo por muito tempo a construção do Aeroporto em Maragogi”, disse o governador.

Ainda declarou que quandio assumiu o governo defendeu que o aeroporto fosse construído em Maragogi, porque talvez seja a cidade que mais recebe turistas no Brasil, entre as cidades que não têm aeroporto. De maneira que o Estado conseguiu puxar o aeroporto para Maragogi, onde facilitou tudo. Foi feito o projeto, o movimento de terra está praticamente concluído e a desapropriação também.

O governador declarou que pediu a Secretaria Nacional de Avião Civil (SAC) que utilizasse o projeto já existente, que é padrão, para que a obra fosse feita em Alagoas. “Nós facilitamos bastante, e essa é uma obra muito importante para Alagoas, por que Maragogi ocupa o segundo lugar entre os destinos mais visitados do Estado.

 

Deixe o seu comentário