25 de julho de 2016 • 12:58 pm

Brasil

Ex-senador Suplicy é preso e arrastado pela policia em manifestação

Eduardo Suplicy foi a manifestação apoiar luta de paulistanos contra reintegração de posse.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O ex-senador Eduardo Suplicy (PT-SP) foi detido por policiais militares e levado ao 75º DP, do Jardim Arpoador, zona oeste da capital paulista, na manhã desta segunda-feira 25.

Suplicy: Preso e assrastado pela polícia

Suplicy: Preso e assrastado pela polícia

O candidato a vereador acompanha uma ação da PM de reintegração de posse de um terreno que estava ocupado por cerca de 350 famílias há três anos na Cidade Educandário, perto da Rodovia Raposo Tavares.

Houve troca de tiros após revolta dos moradores depois que uma criança foi atingida com bomba de gás lacrimogêneo. Suplicy tentou impedir a reintegração deitando-se no chão e foi retirado à força pelos PMs.

Veja abaixo o vídeo que mostra o ex-senador sendo carregado pelos PMs.

Famílias da ocupação Terra Pelada, no Jardim Raposo Tavares, zona oeste da cidade de São Paulo, resistem hoje (25) à reintegração de posse executada pela Polícia Militar (PM). Segundo a PM, os manifestantes soltaram rojões a jogaram pedras nos militares da Tropa de Choque, que revidou com bombas de efeito moral.

Os moradores protestam desde o início da madrugada. Eles fizeram barricadas, atearam fogo a pneus e tentaram queimar um ônibus. Às 9h30, a ordem de reintegração não havia sido cumprida. De acordo com a PM, o oficial de Justiça ainda não chegou ao local, na Rua José Porfírio de Souza.

A área pertence à prefeitura de São Paulo. Segundo decisão da Justiça, emitida pela 9ª Câmara de Direito Público, o local apresenta alto risco de deslizamento, por ser região de encostas.

Deixe o seu comentário