25 de junho de 2016 • 10:49 am

Tecnologia

Expectativa: Netflix deve lançar serviço de download este ano

Seguindo o exemplo da Amazon, Comcast e outras, a Netflix está trabalhando em uma ferramenta que vai permitir que seus assinantes façam o download de programas para assistir offline

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

1998419563(*) – Seguindo o exemplo da Amazon, Comcast e outras, a Netflix está trabalhando em uma ferramenta que vai permitir que seus assinantes façam o download de programas para assistir offline, de acordo com Dan Taitz, diretor de operações da Penthera.

“Nós sabemos, através de nossas pesquisas de indústria, que a Netflix vai lançar o produto”, disse Taitz. “Minha expectativa é que no final do ano, a Netflix esteja lançando o ‘download-to-go’ como uma opção para seus clientes”.

Fofocas industriais de um fornecedor de tecnologia é uma coisa, mas o principal analista da Frost & Sullivan, Dan Rayburn confirmou que a Netflix Inc. está desenvolvendo a solução de download e diz que é um “segredo aberto” na comunidade de streaming de vídeo.

“É uma progessão natural para a Netflix querer que seus assinantes possam ter conteúdo mesmo sem acesso a internet no momento”, disse Rayburn.

Por parte da Netflix, seu CEO, Reed Hastings disse, no começo deste ano, que ele abriu a ideia de oferecer download dos vídeos, mas que a companhia ainda está tímida sobre o assunto, não estando disposta a oferecer nenhuma confirmação ou negação oficial.

“Enquanto nosso foco permanecer na entrega de um ótimo serviço de streaming, nós sempre exploraremos maneiras de fazer o serviço melhorar”, disse a porta voz da Netflix, Anne Marie Squeo.

Taitz tem razões para crer que a Netflix vai lançar sua opção de download em breve e criar uma nova onda de demanda. Sua companhia Penthera Partners Inc. desenvolve tecnologia de download de vídeos. A companhia tem sido bem sucedida em atrair clientes de peso, porém, o uso real dessa tecnologia ainda é limitado. Taitz falou de empresas que oferecem download de programas de forma mensal, e muitos desses requerem uma inscrição premium.

Existirão desafios, pois uma das maiores barreiras para a adoção do download ainda são os direitos autorais.  Referindo-se aos planos da Netflix, Rayburn disse, “Netflix vai ser limitada pelos estúdios em termos de quais títulos ficarão disponíveis para download, então, nós teremos que ver qual será o tamanho do inventário oferecido e em quais aparelhos será suportada a plataforma”.

“Podemos imaginar que todo o conteúdo original Netflix estará disponível para download, já que a a Netflix é dona dele”, adicionou.

A tecnologia faz mais sentido se criada para plataformas móveis, como celulares e tablets. Porém, esses dispositivos não possuem espaço o suficiente para armazenamento de filmes e séries em boa qualidade, o que também pode ser um empecilho.

*Traduzido e adaptado da LightReading

Deixe o seu comentário