16 de Janeiro de 2018 • 7:40 am

Cultura

Exposição Nos Veios da Memória chega ao Palácio República

Mestres da xilogravura como Enéas Tavares, Luiz Natividade, João Gomes de Sá e João Martins são os artistas responsáveis pelas obras expostas

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Durante todo o mês de janeiro, das 8h às 18h, no térreo do Palácio República dos Palmares, no centro de Maceió, está acontecendo a exposição “Nos veios da Memória”, dos mestres da xilogravura do Estado, Enéas Tavares, Luiz Natividade, João Gomes de Sá e João Martins.

A finalidade do projeto é valorizar a xilogravura e os mestres locais na preservação dessa arte em Alagoas.Parte do acervo exposto, pertence ao Arquivo Público de Alagoas (APA), e a ideia dos integrantes da Comissão Mista Especial do Bicentenário, pertencente ao Gabinete Civil do Estado é que a exposição seja itinerante.

Xilogravura

A xilogravura é uma técnica milenar, de origem chinesa que ganhou força no Brasil e se tornou muito popular na região Nordeste, onde estão os mais renomados xilogravadores do País. Além da forma original, é frequentemente utilizada para ilustração de textos de literatura de cordel, uma vez que alguns cordelistas são, também, xilogravadores ou vice-versa. Por meio do entalhe na madeira, os mestres xilógrafos contam e imprimem histórias de vida que se perpetuam como registro e identidade cultural.

Deixe o seu comentário