16 de outubro de 2015 • 4:11 pm

Cotidiano

Extra: ‘Secretário da Fazenda é o servidor mais irregular da atual administração’

Santoro é visto como um supersecretário do governo Renan Filho.

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
George Santoro: na Sefaz.

George Santoro: na Sefaz.

A edição desta semana do Jornal Extra denuncia, na coluna “Sururu”, que o atual secretário da Fazenda de Alagoas, George Santoto, é  o servidor mais irregular da administração do governo Renan Calheiros Filho (PMDB).

Segundo as informações, Santoro é funcionário do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro, cedido ao Estado de Alagoas com ônus para o órgão de origem, mas que recebe ainda o salário de secretário de Estado e jetons como membro de todos os conselhos que integram a máquina administrativa do Estado.

Midiático, Santoro tem transitado no governo do Estado como um super-secretário ao ponto de propor mudanças radicais na estrutura do AL-Previdência, considerando o razoável fundo financeiro da instituição de amparo aos aposentados alagoanos. As mudanças só não foram implementadas devido a reação dos conselheiros do instituto.

O secretário atua no governo com um grupo seleto de assessores que ele trouxe do Rio de Janeiro, o que já contrariou setores importantes da pasta da Fazenda. Os assessores são considerados os “notáveis” da pasta.

A última equipe de notáveis que apareceu na Fazenda estadual foi trazida também por outro carioca, o Secretário José Pereira, durante o governo de Divaldo Suruagy.

 

Deixe o seu comentário