10 de Abril de 2015 • 8:19 am

Esportes

Feijó deixa FAF mas coloca o filho no comando da entidade

Como já se previa, o enfrentamento entre Gustavo Feijó, presidente da Federação Alagoana de Futebol, e seu filho Felipe Feijó, que encabeçou e venceu a eleição para presidência da entidade…

Por: Marcelo Firmino
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
felipe feijo

Felipe Feijó, que encabeçou e venceu a eleição para presidência da entidade

Como já se previa, o enfrentamento entre Gustavo Feijó, presidente da Federação Alagoana de Futebol, e seu filho Felipe Feijó, que encabeçou e venceu a eleição para presidência da entidade na sexta-feira dia 10, era mesmo algo para inglês ver.

O fato é que Gustavo teve sua  candidatura impugnada por irregularidades nas contas do exercício de 2010 e em uma jogada bem articulada com o colégio elitoral da FAF consguiu eleger   filho para comandar a entidade em um mandato de quatro anos. O pai deverá orientar a gestão do filho, com a autoridade que tem de vice-presidente da Confederação Brasileira de Futebol – CBF.

O processo eleitoral foi realizado na sede da Federação e terminou com quatro votos para Gustavo Feijó, antes de ter a candidatura impugnada, José Cordeiro Lima, candidato da oposição com dois votos, e Felipe Feijó, teve 47 votos. Trinta e seis associações, divididas em clubes profissionais e amadores, além de uma liga de futebol estavam aptos a votar.

Felipe Feijó tem 22 anos e presidiu o Santa Rita, time de Boca da Mata, onde o pai é prefeito. Na mesma cidade, ele responde pela Secretaria de Esportes. A posse de Feijó – filho – acontecerá na próxima terça, 14, quando os dirigentes do futebol alagoano voltarão a se reunir para a comemoração do feito.

Deixe o seu comentário