2 de dezembro de 2015 • 9:39 pm

Cotidiano

Fecoep do Estado libera R$ 5 milhões para previnir contras as drogas

A rede Acolhe trabalha com 32 comunidades acolhedoras.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

acolheA rede Acolhe no Estado recebeu R$ 5 milhões do governo de Alagoas, dinheiro repassado pelo Fecoep,  para continuidade das ações no Estado de prevenção à violência, decorrente do tráfico de drogas, até março de 2016. O Fecoep é o Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep).

Com a Rede Acolhe, que busca livrar o usuário da dependência de entorpecentes, do tráfico e vulnerabilidade atrelada ao comércio ilegal de drogas, Alagoas se aproxima da marca de 20 mil dependentes químicos atendidos pelo Governo de Alagoas, entre 2010 e 2015.

A meta do governador Renan Filho é ampliar a atuação da Rede Acolhe que trabalha com 32 comunidades acolhedoras. Ao longo desses cinco anos, foram mais de 32 mil atendimentos provenientes do call center – 0800 280 9390 – e das ações do programa Anjos da Paz, com busca ativa de dependentes químicos.

Após a identificação dos usuários com perfil, psicólogos e assistentes sociais fazem o monitoramento por meio de um sistema biométrico. Os profissionais acompanham os acolhidos com relatórios que traduzem todo o processo comportamental do dependente.

O projeto pioneiro de acolhimento aos dependentes químicos realizado pela Rede Acolhe tem chamado atenção de todo o Brasil. Somente em 2015, gestores de estados como Ceará e Rondônia visitaram Alagoas para ver de perto como funciona o trabalho que vem fazendo a diferença quando o assunto é assistência a usuários de drogas.

As ações implementadas fazem com que os dependentes tenham capacidade para lidar com o vício, afastando-os de ambientes de criminalidade.

Deixe o seu comentário