2 de março de 2017 • 8:04 am

Agricultura » Interior

Feira Agrária quer comecializar 17 toneladas em Pão de Açúcar

A feira se realiza nesta sexta e sábado na praça Moreno Brandão

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Em sua  primeira edição neste ano, aFeira Agrária do Crédito Fundiário  de Alagoas será realizada nesta sexta-feira, 03, e no sábado, 04, na cidade de Pão de Açúcar, no sertão do Estado.

A feira é uma iniciativa do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iteral) em parceria com o Gabinete Civil do Governo de Alagoas e o apoio da Prefeitura Municipal. O evento está marcado para a praça Moreno Brandão no horário das 6h às 21h.

Diante da intensa estiagem na região e a dificuldade para manter a produção, foram convidadas para participar do evento as lideranças dos assentamentos do crédito fundiário situados em Joaquim Gomes, que recebem o acompanhamento do Iteral, dentre eles: Avagan 2, Formosa, Nossa Senhora de Fátima 1 e Prato Feito.

Feira Agrária será realizada em Pão de Açúcar

De acordo com o diretor-presidente do Iteral, Jaime Silva, esse projeto representa o compromisso do Governo de Alagoas na valorização da agricultura familiar e a intenção é que ocorra durante todo o ano, percorrendo vários municípios. “Essa feira chega em um momento importante e demonstra que a reforma agrária do crédito fundiário estar dando certo, além de ser uma forma de estímulo para os agricultores do sertão. É um incentivo para quando a chuva cair, eles possam plantar o feijão, a abóbora e o milho, e terão a certeza de que o Iteral estará presente para apoiar no escoamento da produção”, destacou.

Em Pão de Açúcar, a previsão é que sejam comercializadas aproximadamente 17 toneladas de produtos agrícolas: farinha, feijão de corda, macaxeira, banana prata, laranja lima, abacaxi, jaca, manga, cana caiana, coco verde, massa puba, molho de pimenta, colorau; doces caseiros, bolos e pé de moleque; além do artesanato local.

Para nós, traz grande importância esse intercâmbio entre os agricultores da zona da mata e do sertão. E também traz um fio de esperança para os nossos agricultores, porque estamos passando por um momento de grande seca na nossa cidade e percebemos essa falta de esperança na produção, não temos como produzir. Essa feira terá todo o apoio possível, para que possamos fazer outras edições e garantir o desenvolvimento. Sem a produção dos agricultores, nós não somos nada”, ressaltou Ana Cleide dos Santos Pereira, secretária municipal de agricultura, meio ambiente e recursos hídricos de Pão de Açúcar.

A feira integrará a programação dos 163 anos de emancipação política do município. Aberto ao público!

Deixe o seu comentário