15 de setembro de 2016 • 12:34 pm

Eleições 2016

Fernando Sérgio Lira rebate acusações contra sua campanha em Maragogi

Acusado de distribuir um “cartão de crédito” para captar voto na campanha eleitoral de Maragogi, o candidato a prefeito, Fernando Sérgio Lyra, disse que desconhece qualquer acusação ou denúncia contra…

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Acusado de distribuir um “cartão de crédito” para captar voto na campanha eleitoral de Maragogi, o candidato a prefeito, Fernando Sérgio Lyra, disse que desconhece qualquer acusação ou denúncia contra a sua campanha e destaca que seu trabalho tem empolgado o eleitorado da cidade. “Nosso povo reclama por mudança e tem participado ativamente da nossa campanha, acreditando em nossas propostas de governo”, disse.

Fernando Sérgio: candidato

Fernando Sérgio: candidato

De acordo com a assessoria do candidato Fernando Sérgio, o que acontece atualmente é que seu principal adversário já vislumbrando a derrota nas urnas, diante do desejo de mudança da população de Maragogi, está a criar factóides para tentar interromper a onda da mudança que cresce a cada dia na cidade. O candidato hoje é apontado como o preferido da opinião pública no município.

Ainda segundo a assessoria do candidato o que os adversários não aceitam é que o plano de governo  de Fernando Sérgio, que tem como proposta o “Bolsa Viva Bem Maragogi”, esteja conquistando a simpatia das pessoas.

 

Diante das notícias contrárias a proposta, o candidato emitiu a seguinte nota à imprensa:

“O candidato a Prefeito de Maragogi, Fernando Sério Lira, desconhece qualquer denúncia ou acusação contra o mesmo sob qualquer pretexto. Não há comunicação a coordenação jurídica da campanha acerca de qualquer ação que investigue qualquer ato da campanha de Fernando Sérgio Lira. O que se percebe é uma conduta reiterada de seu adversário político de propagar falácias e atos atentórios ao requerente e sua campanha no intuito de macular sua imagem e desgastar o projeto político alternativo à Maragogi. Ademais, em relação a plano de governo que inclusive consta em seu programa, o “Bolsa Viva Bem, Maragogi”, o mesmo não está sendo apresentado de forma sorrateira como tenta transparecer o conteúdo da matéria, sendo certo que é debatido abertamente em seu guia eleitoral, em atos políticos da campanha, como também possui material de campanha devidamente registrado em sua prestação de contas a seu respeito. No entanto, de forma desavisada, a matéria indica a existência de “cartão magnético” da referida proposta de governo, o que demonstra o não conhecimento dos fatos e uma mentira deslavada a respeito do material, posto que o referido, assim como o “folder” que trata da proposta, é feito de “papel”, não tendo qualquer conotação de “cartão” e sem qualquer indicativo de benefício eleitoral ou vinculação a voto. Por fim, o candidato requerente registra o seu repúdio à sórdida maneira com que matérias de cunho negativa são veiculadas envolvendo seu nome, uma vez que não é a primeira oportunidade em que ocorre nestas eleições”. 

Deixe o seu comentário