15 de junho de 2016 • 12:08 pm

Interior » Política

Fetag e previdenciários preparam ato para esta quinta-feira em todo o Estado

Movimento contra o desmonte da Previdência Social vai acontecer em cidades pólos, reunindo todos os municípios alagoanos

Por: Fátima Almeida
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Servidores do INSS e sindicatos ligados à Federação dos Trabalhadores da Agricultura (Fetag) prometem, para esta quinta-feira (16), uma série de atos em todo o Estado, contra o desmonte da Previdência Social. Eles protestam contra a extinção do Ministério  – um dos primeiros atos do governo interino de Michel Temer (PMDB) – e contra o fatiamento de sua estrutura entre vários órgãos.

Foto: Sindprev-AL

Foto: Sindprev-AL

Na avaliação dos trabalhadores e representantes sindicais, processo iniciado avança no desmantelamento do sistema previdenciário, cujo ‘golpe final’ virá com a propalada reforma da previdência, se não houver reação da sociedade. Com o slogan “A Previdência é de todos”, os organizadores dos atos tentam envolver vários segmentos, inclusive o político, em defesa da Previdência.

Em Maceió, os servidores do INSS irão se concentrar em frente da Agência Monte Máquinas, na Rua das Árvores, onde deverão realizar um primeiro ato e sair em caminhada pelas ruas do Centro.

No interior, a programação da Fetag e suas entidades sindicais prevê a mobilização de servidores da Previdência e trabalhadores rurais filiados, num ato unificado abrangendo todas as agências e postos de atendimento do INSS no Estado, distribuídos em polos estratégicos, de onde sairão em caminhada pelas ruas de várias cidades do Estado.

Confira a distribuição por pólos

Médio Sertão:

Concentração na cidade de Santana do Ipanema, em frente à agência da Previdência, reunindo trabalhadores e movimentos sociais de Ouro Branco, Maravilha, Poço das Trincheiras, Santana do Ipanema, Dois Riachos, Cacimbinhas, Senador Rui Palmeira, Carneiros e Olivença.

Alto Sertão:

Concentração em frente à agência de Delmiro Gouveia, com os movimentos de Canapi, Inhapi, Água Branca, Pariconha, Olho d´ Água do Casado, Piranhas e Mata Grande.

Bacia Leiteira:

Concentração na cidade de São José da Tapera, com as cidades de Olho d´Água das Flores, Pão de Açúcar, Palestina, Jaramataia, Jacaré dos Homens, Monteirópolis, Belo Monte e Batalha

Pólo Xucurus:

Concentração na cidade de Palmeira dos Índios, com participação das cidades de Quebrangulo, Igaci, Major Izidoro, Estrela de Alagoas, Chá Preta, Minador do Negrão, Paulo Jacinto, Tanque d´Arca, Mar Vermelho e Belém.

Vale do Paraíba:

Concentração na cidade de Atalaia, com participação de servidores e movimentos de Maribondo, Capela, Pilar, Satuba, Coqueiro Seco, Viçosa, Pindoba, Cajueiro, Boca da Mata e Anadia.

Pólo Agreste:

Concentração em frente à agência da cidade de Arapiraca, abrangendo as cidades de Porto Real do Colégio, São Sebastião, Feira Grande, Campo Grande, Olho d´Agua Grande, Traipu, Girau do Ponciano, Taquarana, Craíbas, Coité do Noia, Limoeiro de Anadia, Lagoa da Canoa, Coruripe, Teotonio Vilela, Campo Alegre, Igreja Nova e Penedo.

Vale do Mundaú:

Concentração na cidade de Murici, abrangendo as cidades de Porto Calvo, Branquinha, União dos Palmares, Joaquim Gomes, Santana do Mundaú, Ibateguara, São José da Laje, Novo Lino, Colônia, Flexeiras e Roteiro.

Deixe o seu comentário