19 de maio de 2017 • 11:36 am

Cotidiano

FPI do São Francisco promove a soltura de aves: um espetáculo

Animais apreendidos pela FPI são soltos em reserva natural

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Mais de 360 animais foram soltos em áreas da caatinga alagoana, a partir da ação da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) do São Francisco, que inspeciona as cidades do agreste e sertão do Estado. Os animais, em sua maioria aves silvestres, haviam sido apreendidos nas cidades de Palmeira dos Indios, Arapiraca e Junqueiro.

O voo para vida.

Após serem devolvidos ao habitat natural, as aves, principalmente, proporcionaram um espetáculo de beleza rara para as lentes do repórter-fotográfico Jonathan Lins, da Assessoria de Comunicação do Ministério Público Estadual.

Entre as espécies de aves libertadas de suas gaiolas estão Papa Capim, Sabiá, Galo de Campina, Mané-Mago, Xexéu, Garibalde, Galo de Deus. Eles foram soltos em uma reserva natural, cujo nome foi mantido em sigilo, para que não sofram novos processos de capturas por criadores e caçadores.

Além das aves, foram soltos também 9 jabutis e duas serpentes.

Pássaros foram soltos em reserva de mata atlântica

O espetáculo nas fotos de Jonathan Lins

Devolvido ao Habitat Natural

Deixe o seu comentário