9 de janeiro de 2017 • 8:37 am

Turismo

Francês no verão: especulação e péssimo serviço em toda praia

Praia de beleza exuberante, o Francês faz dos frequentadores vítimas da especulação desonesta

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Com os turistas invadindo o litoral alagoano,  a praia do  Francês mantém eu fluxo além de normal, mas com isso surge um velho problema tradicional no comércio de lá. A desonestidade.

Francês: uma praia de beleza exuberante.

A praia do Francês, além de qualquer outra no Estado, vem se constituindo a cada temporada de verão no paraíso da especulação comercial. Seja nos restuarantes, nas barracas de praia ou nos estacionamentos.

Nesse, inclusive, os “proprietários” estão cobrando R$ 30,00 por uma vaga, diante da demanda bem maior que a oferta. O lamentável de tudo é que essas situações de desrespeito ao consumidor são corriqueiras e os órgãos públicos responsáveis pela fiscalização dos negócios na área não atuam.

Nesse caso, sofrem os turistas, os nativos e qualquer pobre mortal que se aventura a curtir a praia e  usufruir dos serviços disponíveis. E sofrem com a superlotação, o atendimento precário, enfim, o tratamento desagradável a que todos estão expostos em função da ganância irresponsável.

Francês: o paraíso da especulação desonesta

Indiscutivelmente, a praia do Francês enche os olhos pela beleza exuberante. Água cristalina, areia fina, com longa extensão para uma boa caminhada.

O único senão é que a falta de respeito dos comerciantes para com os  usuários macula o brilho e o encanto do Francês. Nessa época do ano, o melhor mesmo é ir a outro lugar.

 

 

Deixe o seu comentário