31 de Janeiro de 2018 • 2:47 pm

Política

Funcionários da Usina Cachoeira são demitidos em massa

Cerca de seis ônibus lotados levaram os demitidos embora das dependências da usina do grupo Carlos Lyra

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Após o fechamento da Usina Cachoeira do Meirim nesta quarta-feira (31), os funcionários da indústria, que pertence, ao Grupo Carlos Lyra foram demitidos.

Funcionários souberam juntos da demissão em massa, que incluiu operário, motoristas e de cargos administrativos. Foram centenas de pessoas. Cerca de seis ônibus lotados levaram os demitidos embora das dependências da usina.

A situação não hora do anúncio foi de lamentação e dúvidas. Presente relataram ex-funcionários chorando, enquanto muitos pegos de surpresa ficaram sem reação.

Segundo a assessoria do grupo, as demissões foram resultado da queda da produtividade agrícola das últimas safras, provocada pela forte estiagem em toda a região Nordeste.

Apesar de não informar quantos funcionários foram dispensados, a meta da empresa, segundo a assessoria, é “não medir esforços para retomar as atividades, a geração de empregos e renda”.

A Usina Cachoeira faz parte do conglomerado de empresa do grupo, que além de usinas de açúcar e álcool, um dos maiores do Nordeste no segmento, também possui empresa de bioeletricidade, texto, pecuária e rádio.

Deixe o seu comentário