15 de julho de 2017 • 7:23 pm

Esportes

Galo arrasador vence o Inter por 2 a 0; agora é G-4, o grupo dos melhores

CRB fez uma partida impecável taticamente e desmontou os gaúchos, Tche!

Por: Marcelo Firmino
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O galo fez uma partida impecável. Foi simplesmente arrasador sobre o Internacional de Porto Alegre, um time campeão mundial que agora disputa a série B do campeonato brasileiro.

O técnico Dado Cavalcanti manteve o time quem vem jogando, mas tratou de atuar taticamente em função do adversário que chegou a Maceió crente que iria vencer fácil a partida.

Galo arrasador contra o Inter.

Encontrou, no entanto, uma equipe bem posicionada, propondo o jogo e atuando em bloco contra um adversário que era considerado o melhor de todos nos jogos fora de casa.

O que se viu foi um Internacional acuado, errando passes e passes e um CRB sobrando em campo no primeiro e no segundo tempo, com um destaque exuberante chamado Edson Ratinho. Fez uma partida magnífica.

A gauchada se desencontrou. O CRB anulou o melhor jogador deles, D’Alessandro, que foi substituído por insuficência de desempenho. Absoluta insuficiência.

O resultado é que o CRB em grande jogo, com o Trapichão lotado, fez um 1 a 0 no primeiro tempo em bela jogada de um, dois, entre Zé Carlos e Diego, com o lateral regatiano concluindo em gol. Gol do galo!

No segundo tempo, o CRB manteve a mesma pegada, apesar da pressão que o Internacional tentou fazer. Mas, o time gaúcho se desencontrou em meio à catimba do atacante Zé Carlos, mas além disso em função do bom agrupamento estratégico da equipe regatiana que tinha a vantagem no jogo.

Eis, então, que os torcedores do galo foram coroados no fim do jogo com um gol de cabeça de Neto Baiano, depois de uma cobrança de escanteio pelo setor direito. O galo fez 2 a 0 e a galera do galo foi à loucura.

Aliás, que torcida: Galooo, Galooo, Galooo, vencedor!

Ah, alguém falou que houve um pênalti contra o CRB. Foi? Ficaram esperando aquela cantiga da jovem guarda:

-Por favor, pare agora…Senhor juiz, pare agora!

Mas, não parou. CRB dois, Internacional zero. Galo no G-4!

 

Deixe o seu comentário