4 de janeiro de 2016 • 2:28 pm

Policia

Gaspar desafia qualquer contestação do balanço da segurança pública

Relatório oficial aponta redução dos índices de criminalidade de 18% em todo o Estado.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O governo comemora os números oficiais da redução dos índices de violência. Mas, incomodado com críticas pontuais feitas à metodologia operacional, o Secretário de Segurança, Gaspar de Mendonça, foi logo marcando posição:

-Desafio qualquer pessoa ou instituição a contestar esse balanço. Os números são os mais coerentes possíveis.

De acordo com os números que ele apresentou, os homícidios em 2015 foram reduzidos em 18% no Estado e em Maceió 23,3%, representando assim 417 mortes a menos que em 2014 em todo o Estado.

Como os dados são oficiais não há necessidade de se desafiar quem quer que seja, apenas continuar o trabalho para que Alagoas não continue na posição da “vergonha nacional”, conforme revelou reportagem da revista Veja desta semana. Reportagem que foi transcrita aqui no eassim.net. (Ver link: http://eassim.net/ranking-dos-estados-alagoas-e-a-vergonha-nacional-segundo-veja/).

O governo estadual preferiu não tratar deste ponto na apresentação dos seus números sobre a violência em Alagoas, afinal pelos dados apresentados precisa comemorar os resultados encontrados.

Um dado muito emblemático no relatório de Gaspar se fez revelar nos números dos chamados “confrontos” com mortes por resistência, onde acusados da prática de crimes foram mortos. No ano de 2014, nessa modalidade morreram 70. Neste 2015 foram 102.

Em síntese, o governo começa 2016 em euforia com a segurança pública e tende a continuar na mesma linha, apesar de que para os olhos do mundo, segundo a Veja, em Alagoas a situação é outra.

 

Deixe o seu comentário