30 de novembro de 2017 • 2:11 pm

Maceió » Serviços Públicos

Gestão do Crea-AL ganha prêmio estadual da qualidade na prestação de serviços

Premiado pelo segundo ano consecutivo, Conselho alcançou os 247,5 pontos de 250; Entidade é o segundo Crea do País a conquistas horaria

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O presidente em exercício, André Malta, e o superintendente Niradelson Salvador receberam o prêmio. (Foto: Danielle Ferro)

A busca pela excelência no serviço prestado para o profissional e a sociedade fica mais evidente no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Alagoas (Crea-AL). É que nesta quarta-feira, 29, a atual gestão da instituição recebeu, pelo segundo ano consecutivo, da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ), o prêmio Estadual da Qualidade. Com a premiação, o conselho alagoano é o segundo do País, dentre os de engenharia e agronomia, a ter o reconhecimento.

Representada pelo Movimento Alagoas Competitiva (MAC) em Alagoas, a premiação da FNQ é o maior reconhecimento que administrações públicas e privadas podem conquistar no Estado.

Para alcançar este patamar, o Crea Alagoas teve que realizar diversas mudanças no seu dia a dia de trabalho. Foi importante alinhar ao Modelo de Excelência em Gestão (MEG), onde são pontuados oito critérios (Liderança, Estratégia e Planos, Clientes, Sociedade, Informação e Conhecimento, Pessoas, Processos e, por último, Resultados).

O gerente de Planejamento do Crea, Afrânio Bastos, destacou que a entidade desenvolveu 48 práticas de gestão que alinhados aos critérios, gerou um resultado satisfatório nos setores do conselho.

De acordo com o engenheiro civil e presidente em exercício, André Malta, este é um reconhecimento onde todos os colaboradores do Crea-AL tem sua participação.

“É preciso destacar que nesses últimos anos, o Crea voltou a ser, de fato, a casa do profissional. Hoje, promovemos eventos, fiscalizamos com mais eficácia e eficiência, além de termos saído de deficitário para superavitário. Logo, estaremos adequados a Lei de Responsabilidade Fiscal. É apenas questão de tempo”, destacou.

Pontuação

O avanço, comparado com a premiação do ano passado, foi grande. Em 2016 foram computados 219,0 pontos num máximo de 250. A coordenadora do Prêmio Estadual da Qualidade, Lêda Morgana, destacou que neste ano, a categoria “Compromisso com a Excelência” foi repetida e o resultado superado com 247,5.

“O MAC tem um objetivo de garantir a evolução das empresas alagoanas. Neste ano, o Crea Alagoas conseguiu superar e seguir, de uma forma mais harmônica e alinhada, os critérios baseados nas práticas de gestão desenvolvidas pelos gestores. Estão de parabéns pelo resultado”, disse.

Deixe o seu comentário