19 de dezembro de 2016 • 12:16 pm

Brasil » Política

Givaldo Carimbão diz que reforma da previdência é o extermínio dos pobres

Deputado diz que reforma de Temer é um verdadeiro massacre

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

A reforma da previdência proposta pelo governo de Michel Temer “é o extermínio dos pobres”. A declaração é do deputado federal, Givaldo Carimbão (PHS) que se manifestou contrário ao projeto do governo.

Givaldo Carmbão: é um massacre

Durante entrevista nesta segunda-feira, 19, ao programa Cidadania, do radialista França Moura, Carimbão disse que o presidente Temer não teve coragem de mexer com os ricos e poderosos, resolver então atacar os pequenos, o trabalhador rural, enfim, quem pode menos.

A verdade, disse o deputado, é que o governo atual decidiu com essa reforma retirar de quem não tem para dar a quem mais tem. Ou seja, para ele, o governo teria que buscar alternativas que mexessem com as grandes fortunas do País, com os bancos, entre outros, mas preferiu bater no lado mais fraco.

-Imagine que o trabalhador sertanejo passar 49 anos no cabo da enxada para ter o direito á sua aposentadoria. Isso é um massacre, um grande absurdo e por isso vou votar contra a esse projeto de reforma da previdência. – Destacou Carimbão

Ele ainda criticou a falta de sensibilidade do governo com os programas sociais. “Imagine que há 15 anos nós assistíamos muitos saques em supermercados, por que o governo não tinha perspectivas de renda mínima para a pobreza.  O governo Lula criou as alternativas, como Bolsa Família e agora tudo está sendo desmontado”, reforçou.

Carmbão prevê um quadro de dificuldade políticas muito grande para o País e para os políticos, com as 77 delações premiadas da Lava Jato. Segundo ele, o que foi divulgado ainda é muito pouco diante do que se tem nesse processo. “Quem está devendo vai ter que pagar”, concluiu.

 

Deixe o seu comentário