15 de janeiro de 2016 • 3:04 pm

Esportes

Goleiro é a única dúvida de Vica para fechar time titular do ASA

comandante alvinegro ainda analisa o possível detentor da posição, que tem Diónatan, Tom e André Luiz

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
pa20101507

Técnico Vica disse que dificilmente haverá mudança.

O time que disputará o Campeonato Alagoano pelo ASA de Arapiraca vem ganhando forma, e durante o treinamento da manhã desta sexta-feira (15), o técnico Vica esboçou aquele que poderá ser o time titular na primeira partida do Estadual diante da equipe do Ipanema, no dia 24 de janeiro.

A dúvida fica por conta do guarda-redes titular, o comandante alvinegro ainda analisa o possível detentor da posição, que tem Diónatan, Tom e André Luiz.

“Estou observando muito o trabalho dos goleiros. Estou procurando, primeiramente, ter a minha análise, e depois conversar com a comissão técnica para pedir algumas opiniões. Mas a palavra final é a minha, e aquele goleiro que me agradar mais em termos do que eu pretendo para o time ficará com a vaga”, disse o treinador.

Nas demais posições do esquema tático do Fantasma de Alagoas o técnico Vica esboçou o seguinte time: Chiquinho e Elton Lira; André Nunes e Ramon; Ederson, Kessi e Jorginho; Eninho e Raul, e o atacante Maycon.

Quanto à possibilidade de uma futura mudança no esquema tático, Vica foi conciso em sua declaração, afirmando que o time está praticamente fechado, citando o pouco de tempo até o início do Campeonato Alagoano.

“É difícil que haja muita mudança em um curto espaço de tempo que nós temos. Praticamente começamos o trabalho de uma maneira, uma formação muito parecida da equipe de ano passado, mas eu não posso me prender a um só tipo de formação. Estamos estudando e começamos a treinar desde ontem – quinta-feira – uma nova formação com o Eninho e o Raul juntos fazendo uma função um pouco diferente, e eu espero que no decorrer dos treinamentos, não só eles, mas todos se encaixem bem naquilo que a gente pretende. Dentro do que nós temos de características dos jogadores, e para usar o potencial de cada um, eu cheguei à conclusão de que temos de jogar dessa maneira que estamos trabalhando, principalmente na parte de posicionamento tático”, falou.

Diante de um elenco que mescla a juventude e a experiência, o comandante alvinegro apontou que os jogadores estão suportando bem esse período de pré-temporada na cidade de Arapiraca.

– Os jogadores estão suportando a carga de trabalho e estão com bastante vontade. Um grupo que tem uma mescla de jogadores experientes e jovens, mas que estão treinando num ritmo muito forte, e é isso que nos dá confiança para fazer uma ótima temporada.

JOVENS DA BASE

– Esses garotos não surpreendem mais. Tive a oportunidade de trabalhar com eles diretamente no ano passado, nos jogos finais da Série C, e eles já mostraram o potencial ali. Eles começam o ano em um ritmo a frente dos demais, pela juventude, pela facilidade de se adaptarem ao trabalho, pois já pegaram o costume dos treinamentos do ano passado.

Deixe o seu comentário