12 de novembro de 2015 • 6:43 pm

Política

Governo federal apresenta mapa da violência na Assembleia Legislativa

Alagoas está em 3º lugar no ranking de homicídios de mulheres

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O governo federal, por meio da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, apresenta amanhã (13), às 9 horas, no Plenário da Assembleia Legislativa, o Mapa da Violência 2015, pesquisa da ONU, com os dados referentes ao período de 2003 a 2013, no qual o estado de Alagoas está em 3º lugar no ranking de homicídios de mulheres.

A ação tem o objetivo de provocar um debate político junto ao Legislativo, Judiciário, sistema de justiça e Executivo estadual, quanto à necessidade da implementação das políticas públicas de enfrentamento à violência no Estado e ressaltar a importância de o Estado dar continuidade ao Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra as Mulheres e a implantação do Programa “Mulher, Viver sem Violência” para garantir às mulheres em situação de violência um atendimento humanizado e qualificado, além de reforçar a necessidade de ampliação e manutenção da Rede Especializada de Atendimento à Mulher em Situação de Violência com as Delegacias Especializadas – DEAMs, Juizados Especializados, Promotorias Especializadas, Defensorias Especializadas, Centros Especializados, Casas Abrigo e os serviços de saúde de referência.

Estarão presentes Aparecida Gonçalves, secretária Nacional de Enfrentamento à Violência contra a Mulher da Presidência da República e representantes da Assembleia Legislativa, do Tribunal de Justiça, OAB Mulher, do Ministério Público e das secretarias de EStado da Mulher e dos Direitos Humanos, de Segurança Pública, de Prevenção à Violência, da Saúde, da Educação e do Trabalho e Emprego.

A iniciativa é uma articulação da Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos, da Superintendência de Políticas para a Mulher e do Conselho Estadual de Direitos para a Mulher – CEDIM, em parceria com as secretarias de Segurança Pública, Assistência Social, Saúde e Prevenção Social à Violência e com os deputados Ronaldo Medeiros (PT), presidente interino, e Jó Pereira (DEM).

Deixe o seu comentário