3 de agosto de 2017 • 9:53 pm

Política

Governo Federal articula votação de reformas Tributária e Previdenciária até novembro

Apesar do fortalecimento da oposição, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, acredita que o governo consiga os 308 votos suficientes para aprovar na Câmara dos Deputados

Por: Vinicius Firmino
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A equipe do presidente Michel Temer (PMDB) já se articula para aprovar no Congresso Nacional as reformas Tributária e Previdenciária.  De acordo com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, a previsão é que até novembro as duas sejam votadas.

Ele pontua que apesar do desgaste no congresso – após a votação do arquivamento da denúncia contra Temer -, é esperado ”conscientização” principalmente da oposição ao governo atual.

“A sinalização de quarta – dia 2 de agosto – não foi necessariamente negativa. Era um quorum demandado para aquela decisão”, disse.

Lembrando que a votação na Câmara dos Deputados, 263 parlamentares escolheram pelo arquivamento do pedido de autorização para investigar o presidente da República. Para aprovar a reforma Previdenciária, são necessários 308 parlamentares apoiando.

Deixe o seu comentário