18 de Abril de 2016 • 5:58 pm

Interior

Governo federal libera seguro safra e prefeitos se apropriam do feito

O seguro safra é um programa exclusivamente do governo federal e não de prefeitos.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O governo federal publicou no Diário Oficial da União a liberação do seguro safra para municípios do sertão alagoano. Mas, diante disso, prefeitos até de oposição ao governo estão indo aos agricultores fazer “politicagem” com o dinheiro.

O pagamento do seguro safra não é obra de nenhum prefeito, nem de nenhuma Prefeitura, mas do Ministério da Agricultura. Em Pão de Açúcar, por exemplo, segundo denúncias de vereadores, o prefeito do PSDB, Jorge Dantas, candidato a reeleição tem se apresentado nas comunidades de agricultores dizendo que o dinheiro é uma benesse da Prefeitura. Além dele, vários outros prefeitos sertanejos estão se apropriando indevidamente do benefício.

Em Pão de Açúcar, diz que é o pai do benefício

Em Pão de Açúcar, diz que é o pai do benefício.

A autorização do pagamento dos benefícios relativos à safra 2014/2015 aos 11.493 agricultores alagoanos que aderiram ao Garantia-Safra  publicada este mês no Diário Oficial da União, através de uma portaria assinada por Onaur Ruano, secretário de Agricultura familiar do ministério, prova que o benefício é do governo federal.

Segundo a publicação, os pagamentos serão realizados a partir deste mês de abril. Os valores serão depositados nas mesmas datas definidas pelo calendário de pagamento dos benefícios sociais da Caixa Econômica Federal.

No total, 31.009 agricultores de todo o Nordeste serão beneficiados. Em Alagoas, no município de Batalha, 399 receberão o benefício; em Inhapi, 1.358; em Jaramataia, 382; em Maravilha, 997; em Mata Grande, 347; em Olho D´Água das Flores, 811; em Olho D´Água do Casado, 945; em Palestina, 676; em Pão de Açúcar, 1.745; em Pariconha, 1.252; e em São José da Tapera, 2.581 agricultores devem receber o pagamento.

De acordo com o Ministério da Agricultura, o Garantia-Safra é uma ação do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) inicialmente voltada para os agricultores e as agricultoras familiares que sofrem perda de safra por motivo de seca ou excesso de chuvas.

Portanto, a apropriação indevida do programa por prefeitos é politicagem pura, principalmente agora em ano eleitoral, quando a maioria é candidata a reeleição.

Deixe o seu comentário