1 de outubro de 2015 • 6:58 pm

Política

Governo suíço bloqueia contas U$ 5 milhões de Eduardo Cunha

O dinheiro estava no nome do presidente da Câmara, da mulher e da filha

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O Ministério Público na Suíça informou às autoridades brasileiras que encontrou cerca de US$ 5 milhões em contas de Eduardo Cunha, da mulher Cláudia Cruz e de uma de suas filhas. A investigação na Suíça foi aberta em abril, quando as contas bancárias de Cunha e familiares foram bloqueadas. O presidente da Câmara é suspeito de receber propina por vazamento de informação privilegiada na venda, para a Petrobras, de um campo de petróleo no Benin, na África.

Cunha: contas bloqueadas.

Cunha: contas bloqueadas.

Em nota, a PGR diz que Eduardo Cunha não pode ser extraditado para a Suíça, por ser brasileiro nato. “O instituto da transferência de processo é um procedimento de cooperação internacional, em que se assegura a continuidade da investigação ou processo ao se verificar a jurisdição mais adequada para a persecução penal”, informou a Procuradoria.

Nesta quarta-feira, o advogado de Cunha, Antonio Fernando de Souza, disse que desconhece a investigação na Suíça. “A defesa do deputado Eduardo Cunha desconhece qualquer procedimento investigatório realizado naquele país. Por tal razão, está impedida de tecer comentários acerca dos supostos fatos noticiados”

Deixe o seu comentário