13 de abril de 2016 • 9:03 pm

Saúde

Governo treina municípios alagoanos para vacinar contra H1N1

Alagoas receberá 748 mil doses da vacina, que deverão chegar a aproximadamente 700 mil pessoas.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O governo do Estado capacitou  46 municípios do Agreste e Sertão de Alagoas para as de campanhas de vacinação  contra o virus da  Influenza 2016 (H1N1), em treinamento realizado em Arapiraca. O início da vacinação acontece no próximo dia 25.

O encontro, promovido pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), aconteceu no auditório do Centro de Referência Integrado de Arapiraca (Cria), e mobilizou secretários e técnicos da área de Saúde dos municípios.

Vacina conta h1n1

Vacina conta h1n1

Durante os trabalhos foram apresentadas informações técnicas com relação à campanha, estratégias e orientações sobre a formação das equipes que deverão conduzir as campanhas municipais.

De acordo com Denise Castro, assessora do Programa Nacional de Imunização (PNI), Alagoas receberá 748 mil doses da vacina, que deverão chegar a aproximadamente 700 mil pessoas.

“Esse encontro é de grande importância para que a Sesau e os municípios estejam alinhados com relação às estratégias da campanha. Nosso propósito é fazer com que as doses atinjam um universo de mais de 700 mil alagoanos”, frisou Denise Castro.

Ainda de acordo com a assessora do PNI, a entrega do primeiro lote das vacinas terá início no próximo dia 23 de abril nas Centrais Regionais da Rede de Frios nos polos de Arapiraca, Santana do Ipanema, Palmeira dos Índios e União dos Palmares.

Os locais de vacinação ficarão a critério das estratégias de cada município, podendo ocorrer em Unidades Básicas de Saúde, eventos, logradouros públicos como praças, entre outros.

Público alvo – O Ministério da Saúde preconiza ainda que a campanha de vacinação atinja profissionais da Saúde, do Sistema Prisional, gestantes, idosos a partir de 60 anos, crianças com idades entre seis meses e cinco anos, puérperas, indígenas, pessoas com doenças crônicas, entre outros.

Aos municípios da I Macrorregião, formada por 56 municípios da região Central e Metropolitana de Alagoas, a reunião acontece nesta sexta-feira (15), às 9h30, no auditório do Hospital Escola Portugal Ramalho, em Maceió.

Deixe o seu comentário