20 de setembro de 2016 • 5:59 pm

Economia

Greve tem 15 dias e bancários não recuam

Cerca de 13 mil agências estão fechadas em todo o País

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A greve dos bancários em Alagoas, de acordo com o Sindicato dos Bancários, atinge 217 das 243 unidades fechadas. Em Maceió, o sindicato informou que a greve atinge todas as 88 agências.

Greve afeta agências públicas e privadas / Foto: Ascom Bancários.al

Greve afeta agências públicas e privadas / Foto: Ascom Bancários.al

No País são 13 mil agências fechadas. Os trabalhadores e o bancos ainda não chegaram a um acordo sobre as reivindicações. A greve completa mais de duas semanas sem que os trabalhadores e o bancos tenham chegado a qualquer acordo.

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) informou que decidiu pela continuidade da paralisação.

Segundo balanço da entidade, a greve fechou mais da metade das agências do país. De acordo com dados do comando dos grevistas, de 13 mil agências fechadas a greve também atingiu 49 centros administrativos tiveram as atividades paralisadas.

Entre as reivindicações está o pedido de reajuste salarial — reposição da inflação (9,62%) mais 5% de aumento real; vale alimentação e vale refeição no valor de R$ 880 ao mês cada; melhores condições de trabalho; Plano de Cargos, Carreiras e Salários para todos os bancários; auxílio-educação entre outras..

Até agora, os banqueiros não dão nenhum sinal de que vão fechar as negociações com a Confederação dos Bancários. A situação se complica sobretudo para os aposentados que dependem do saque na boca do caixa. Uma prova de que a responsabilidade social do sistema bancários no País é uma afronta à sociedade.

 

Deixe o seu comentário