20 de Janeiro de 2018 • 8:30 am

Esportes

Guia Completo do Campeonato Alagoano 2018

Neste domingo, com todos os jogos às 16h, teremos quatro confrontos: Murici x Coruripe, ASA x Dimensão Saúde, Santa Rita x CSA e CRB x CEO

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Vai começar mais uma edição do Campeonato Alagoano. Neste domingo (21), nove equipes iniciam a briga pela conquista do título estadual e chance de conquistar vagas nas principais competições do calendário nacional.

Os clubes da capital, CRB e CSA, pintam como os grandes favoritos ao título. O Galo vem em uma série recente de conquistas, sendo o grande bicho papão desta década com cinco conquistas. O Azulão é o maior campeão do Estado, vem de uma série seguidas de acessos, que o levaram a Série B, mas vem de um jejum de noves anos sem conquistar o estadual.

Quem do interior poderá atrapalhar os planos dos times da capital? O ASA não tem o poder de investimento de anos anteriores e foi rebaixado para a Série D do Brasileiro. Apesar disso, não duvidem da força de uma camisa pesada e de um clube que tem uma torcida muito apaixonada. CSE, CEO, Murici, Coruripe, Dimensão Saúde e Santa Rita são clubes tradicionais, que vão disputar palmo a palmo uma vaga nas semifinais. Se conquistarem a permanência, para muitos deles, já dará um sentimento de missão cumprida.

Neste domingo, com todos os jogos às 16h, teremos quatro conforntos: Murici x Coruripe (Estádio José Gomes da Costa), ASA x Dimensão Saúde (Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca), Santa Rita x CSA (Estádio Olival Elias de Moraes) e CRB x CEO (Estádio Rei Pelé).

Regulamento

2018 é ano de Copa do Mundo e, portanto, foi necessária uma mudança no regulamento para esta temporada. Na primeira fase, os noves clubes vão se enfrentar em jogos só de ida; os quatro primeiros se classificam para a semifinal e os dois últimos serão rebaixados para a Segunda Divisão.

A fase semifinal será disputada no famoso sistema mata-mata, onde em dois jogos serão conhecidos os finalistas. A grande final também será em dois e, em caso de igualdade no final das duas partidas, o grande campeão será conhecido através das penalidades máximas.

ASA

O alvinegro apostou em uma reformulação em seu elenco para voltar aos dias de glórias. Algumas caras conhecidas permanecessem no elenco, como o lateral Chiquinho, o zagueiro André Nunes, o volante Cal e o atacante Jean Carlos. Treinando desde o dia 11 de dezembro, o ASA será comandado nesta temporada pelo técnico Luiz Paulo (ex-Duque de Caxias). Dos muitos reforços contratados, destaques para o volante Coutinho (revelado pelo Vasco e que estava na Tombense) e o atacante Romulo (passagens por Paysandu e América-RN). O novo comandante do ataque foi destaque nos amistosos e marcou o gol da vitória contra o Própria-SE.

Provável Time-base: Dida; Chiquinho, André Nunes, Lucas Bahia e Lucas Piaui; Cal, Coutinho, Marlos e Carlos Caaporã; Jean Carlos e Rômulo. Técnico: Luiz Paulo.

CRB

O Galo vem forte para a conquista do Tetracampeonato Alagoano. Para 2018 a diretoria apostou em uma grande reformulação no elenco e contratou jogadores com o nível de Série B já no início do ano. Como foi o último clube a se apresentar para os trabalhos, corre contra o tempo para condicionar a equipe para a maratona que terá pela frente. Além do técnico Mazola Júnior, apenas cinco atletas permaneceram para esta temporada: o goleiro Cris, o lateral Diego, o zagueiro Flávio Boaventura, o meia Edson Ratinho e o atacante Neto Baiano. Dezenove jogadores foram contratados e o currículo dos atletas empolgou a torcida regatiana. Destaques para o lateral Ayrton (ex-Flamengo e Palmeiras), o meia Rafael Bastos (ex-América Mineiro) e o atacante Marcão (ex- Atlético Paranaense).

Provável time-base: João Carlos; Ayrton, Flávio Boaventura, Anderson Conceição e Diego; Claudinei, Juliano, Edson Ratinho e Rafael Bastos; Willians e Marcão. Técnico: Mazola Júnior.

CSA

O Azulão vem com tudo em busca de um título que não conquista há quase dez anos. Depois de conquistar dois acessos e o primeiro título nacional para o futebol Alagoano, o CSA chega forte em busca tão sonhado 38o estadual. A base campeão brasileira foi mantida e o clube ainda se reforçou para esta temporada. O técnico Flávio Araújo comemorou a manutenção de noves titulares e os amistosos no início deste ano mostram que o time continua muito forte. Dos novos contratado, destaques para o zagueiro Roger (ex-América Mineiro) e o atacante Bruno Veiga (ex-Paysandu).

Provável time-base: Mota; Celsinho, Leandro, Lobão e Rafinha; Dawhan, Boquita, Marcos Antônio, Bruno Veiga e Daniel Costa; Michel. Técnico: Flávio Araújo.

CEO

O experiente técnico Alysson Dantas vai comandar o CEO no Alagoano deste ano. Muito difícil de ser batido em seus domínios, o estádio Edson Matias, o CEO quer voltar a ficar entre os quatro melhores do Estadual. O destaque do time fica para o meia Aurélio, que com sua categoria já conhecida no futebol alagoano vai ser o principal articulador do time. Outros destaques são os experientes Sílvio Carrasco, zagueiro e Jacobina, volante.

Provável time-base: Erick; Kiki, Jhone, Silvio Carrasco e Leonardo; Jacobina, David, Kiko Alagoano e Aurélio; Ila e Nona. Técnico: Alyson Dantas.

Dimensão Saúde

A cidade de Capela foi a escolhida pelo Dimensão Saúde para ser a sede da equipe neste estadual. Buscando atrair os bons fluídos de uma região que já conquistou o título Alagoano, o Dimensão chega respaldado pela grande campanha que fez na Série B do estadual. Comandados pelo competente Jaelson Marcelino, os jogadores do Dimensão acreditam que podem fazer a melhor campanha da equipe em um Alagoano. Destaques para o experiente goleiro Santos e o meia Jan.

Provável time-base: antos; Diogo, Casinha, Edson e Drey; Dudu, Anderson Paulista, Edinho Baiano e Jan; Luciano e Alan James. Técnico: Jaelson Marcelino.

Coruripe

O Hulk quer retomar o caminho dos títulos e voltar a ser o terror dos times da capital neste ano. Se os amistosos na pré-temporada não empolgaram muito, é preciso respeitar um clube que é muito forte dentro de casa e, principalmente, conhece os caminhos para triunfar no Estadual. O grande destaque do time fica para o lateral-esquerdo Jadílson (passagens por São Paulo, Fluminense e Goiás). Outras peças importantes serão o zagueiro Edson Veneno e o atacante Ivanzinho. O técnico Joécio Barbosa será o comandante do Coruripe no Estadual.

Provável time-base: Roque Alan; Renato, Beto, Edson Veneno e Jadílson; Jair, Sorin, Palhinha e Eliomar; Ivanzinho e Bahia. Técnico: Joécio Barbosa.

CSE

Busca apagar da memória os dois últimos alagoanos, quando foi montando um elenco para chegar entre os melhores e isto não aconteceu. O CSE continua firme no objetivo de garantir competições nacionais para o clube, por isso o técnico Manoel Pinheiro recebeu no seu elenco atletas experientes como o meia Alex Olinda e o atacante Diego Clementino. Sempre forte quando joga em Palmeira dos Índios, o tricolor quer fazer do Juca Sampaio o seu alçapão para ir longe no estadual desse ano.

Provável time-base: ndré; Gilberto, Weverson, Diogo e Teles; Dinho, Josias, Júnior Alves e Léo Olinda; Ruan e Diego Clementino. Técnico: Manoel Pinheiro.

Murici

O Murici foi o último clube a se apresentar para treinamentos visando a disputa do estadual. Se a demora para voltar aos trabalhos foi grande,  o clube aposta na manutenção de uma base que vem levando o Murici a fase semifinal do Alagoano. Seguem no time atletas como o goleiro Dias, o zagueiro Sinval e o volante Gueba. Gilmar Batista será o técnico da equipe, que teve como principal reforço o meia Bruno Nascimento, revelado pelo CRB e que teve boas atuações na Série B de 2016.

Provável time-base: Dias; Joaninha, Sinval, Andrey e Tayrone; Gueba, Patrick, Bruno Nascimento e Zé Arthur; Raniele  e Pedro Ivo. Técnico: Gilmar Batista.

Santa Rita

O representante de Boca da Mata no Estadual vem querendo alçar voos maiores neste ano. Recentemente, o clube não brigou para cair e esteve perto de se classificar para a fase semifinal. A aposta em atletas jovens segue sendo mantida e todos no Santa Rita acreditam que, neste ano, o time vai chegar onde já merecia ter estado em anos anteriores. O técnico Toninho Pesso terá um grupo jovem, que tem como destaques principais jogadores que defenderam o time no ano passado, como o goleiro João Paulo e o atacante Márcio Telê

Provável time-base: João Paulo; Anderson Melo, Wellington, Lucas Andrade e Caio; Jota, Rodrigo, Jairo e Paulinho; Fabinho e Márcio Telê. Técnico: Toninho Pesso.

Deixe o seu comentário