13 de agosto de 2016 • 1:16 am

Blogs » Esportes » Marcelo Firmino

Haja coração: guerreiras do Brasil nas semifinais do futebol feminino

Classificação veio em uma emocionante cobrança de pênaltis, onde a goleira Bárbara foi a heroína.

Por: Marcelo Firmino
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Diante de 52 mil torcedores que lotaram o mineirão seleção brasileira de futebol feminino passou as semifinais dos jogos olímpicos, após um jogo difícil, que se encerrou com uma cobrança de pênaltis emocionante.

Marta: em busca da medalha

Marta: em busca da medalha

O jogo contra a Austrália foi zero a zero no tempo normal e na prorrogação. Na cobrança de pênaltis aconteceu o que menos o torcedor brasileiro esperava. A “rainha” Marta, alagoana de Dois Riachos, perdeu a cobrança de pênalti, no fechamento da sequência de cinco cobranças brasileiras. Marta bateu fraco no canto direito e a goleira William, da Austrália defendeu.

A Austrália só precisaria converter a sua cobrança em seguida, mas foi quando apareceu a goleira brasileira, Bárbara, e defendeu a cobrança australiana de forma magistral.

O Brasil voltou ao jogo. As duas equipes mostraram uma eficiência e um ótimo aproveitamento na cobrança de pênaltis. Após mais três pênaltis cobrados para cada lado, todos convertidos pela equipe brasileira, a Austrália não passou pela herói do jogo, Bárbara, que defendeu a cobrança da zagueira Kennedy.

Daí para frente foi só festa no mineirão. Inclusive, para alívio da camisa 10 brasileira, Marta, que estava inconsolável com o pênalti perdido. Agora o Brasil deve enfrentar a Suécia. “Chegou a hora. Depois do jogo que fizemos e do apoio fantástico da torcida não poderíamos sair daqui derrotados. Vamos em busca da medalha”, disse Marta, após a classificação.

 

Deixe o seu comentário