24 de novembro de 2016 • 9:58 pm

Saúde

Hospital da mulher vai garantir 10 mil consultas por mês

Edital para a construção foi lançado nesta quinta-feira pelo governador.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

A autorização do processo licitatório do Hospital da Mulher marca uma nova era na assistência médico hospitalar para os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) em Maceió, que passa a  ganhar mais um reforço de 10 mil consultas por mês, tão logo a obra seja entregue

Saúde da mulher: prioridade no Estado.

Saúde da mulher: prioridade no Estado.

Segundo o governador Renan Filho  o edital  de licitação será publicado no Diário Oficial do Estado da próxima terça-feira, 29.

“Para ele, com a construção do Hospital da Mulher, com um olhar voltado para saúde feminina,o Estado irá  corrigir um déficit  histórico de carência de leitos públicos na rede hospitalar, em especial as vagas destinadas para as mulheres alagoanas”,.

A nova unidade hospitalar será construída em um terreno de 57 mil m², no bairro Tabuleiro do Martins, visando atender a parte alta de Maceió, além da região Norte e Zona da Mata de Alagoas. Os 180 leitos irão reduzir o déficit que existe no Estado para os pacientes do SUS, e serão divididos entre clínica médica, cirúrgica, obstetrícia, UTI neonatal, pediátrica e adulto e UCI pediátrica.

“Os benefícios para a população serão enormes. O Hospital da mulher receberá casos de alta complexidade de urgência e emergência, além da capacidade de realizar 10 mil consultas especializadas, 1.200 internações e de fazer 17 mil exames laboratoriais e de imagem.”

A unidade de saúde está orçada em R$ 90 milhões e será custeada por verbas do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep) e provenientes de emendas parlamentares da bancada federal de Alagoas.

Deixe o seu comentário