9 de Janeiro de 2018 • 7:49 pm

Infraestrutura » Maceió

IMA renova licença ambiental para obras do Marco Referencial de Maceió

Obra irá substituir as ruínas do antigo Alagoas Iate Clube (Alagoinhas), na orla da Ponta Verde

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Obras do Marco Referencial chegaram à etapa de instalação dos elementos estruturais, com previsão de conclusão para junho deste ano. Fotos: Kaio Fragoso

Nesta terça-feira (9), os secretários de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, e da Infraestrutura, Humberto Carvalho, receberam do Instituto do Meio Ambiente (IMA) a renovação da licença ambiental da obra do Marco Referencial de Maceió, que substituirá as ruínas do antigo Alagoas Iate Clube e funcionará como mais um equipamento turístico para os moradores e visitantes da capital.

Após a conclusão da obra, prevista para junho deste ano, o espaço contará com praça de alimentação, palco para eventos, biblioteca virtual e dois mirantes com vista privilegiada para o mar, com acesso gratuito. Orçado em R$ 9,3 milhões, o equipamento irá ocupar área de 3,6 mil m², com capacidade para 1,5 mil pessoas.

“O Marco Referencial vai tornar a nossa orla ainda mais atrativa. Ela já é considerada uma das mais belas do mundo e está à frente de muitas no Nordeste quanto à estrutura. A obra chegou na etapa de instalação dos elementos estruturais. Depois de pronto, será mais um importante aliado do turismo no Estado, oferecendo mais uma opção de lazer para os nossos visitantes”, ressaltou Rafael Brito.

Conduzida pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra), a obra possui 60% da estrutura executada. Nos últimos meses, os trabalhos estiveram concentrados na instalação de 172 blocos de fundação, com 3,5 toneladas cada. Todo o material atende às especificações de resistência a processos de corrosão, para uma perspectiva de 50 anos. Esses elementos foram modelados em área externa à construção, conforme recomendação dos órgãos de controle.

As boas práticas ambientais desenvolvidas durante a execução da obra do Marco Referencial garantiram a renovação da licença ambiental do IMA para mais 2 anos. O documento foi entregue pelo coordenador de Gerenciamento Costeiro do órgão, Ricardo César.

O licenciamento ambiental foi entregue aos gestores das duas secretarias durante visita técnica ao Marco Referencial. Também participou da vistoria o deputado federal Ronaldo Lessa.​

Deixe o seu comentário